UFAL – “Estudantes da UFAL promovem ação solidária de Natal em comunidade carente e recebem apoio da população alagoana”

Grupo de estudantes promove ação solidária de Natal beneficiando famílias carentes em Maceió

O espírito natalino de solidariedade foi evidenciado recentemente em uma campanha promovida por estudantes da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Os alunos dos cursos de Nutrição, Psicologia e Ciências Sociais se uniram em uma ação solidária que resultou na arrecadação de cerca de 30 cestas básicas, além de roupas, calçados e brinquedos, que foram doados para famílias da ocupação Tereza de Benguela, localizada próxima ao Campus A.C. Simões, em Maceió.

A iniciativa, que mobilizou dezenas de alagoanos e alagoanas, foi coordenada por uma equipe de estudantes dedicados, que visitaram a comunidade em três ocasiões diferentes para entender melhor suas necessidades e dinâmicas internas. A estudante Beatriz Maciel, uma das responsáveis pela ação, expressou sua gratidão pela oportunidade de auxiliar as famílias em situação de vulnerabilidade e reconheceu o apoio da comunidade acadêmica e da sociedade em geral.

Segundo Beatriz, a divulgação realizada pela Assessoria de Comunicação da Ufal contribuiu significativamente para o sucesso da campanha, resultando em um aumento expressivo nas doações recebidas. A repercussão da iniciativa também levou o grupo de estudantes a ser entrevistado em um programa de televisão local, ampliando ainda mais a visibilidade da ação solidária.

A professora Monique Aguiar, que acompanhou de perto a mobilização dos alunos, destacou a importância da iniciativa e os resultados positivos alcançados. Para ela, a campanha representou mais do que um simples gesto de caridade, mas sim a união de valores nobres em prol de um objetivo comum. A docente ressaltou que a ação solidária contribuiu para promover um Natal mais digno e acolhedor para as famílias beneficiadas.

Além disso, a professora enfatizou o papel transformador da Antropologia, que possibilita aos estudantes uma análise mais consciente das realidades sociais e culturais ao seu redor. Para Monique Aguiar, a experiência vivenciada pelos alunos durante a campanha solidária os transforma e influencia positivamente as relações culturais em seu entorno, demonstrando o potencial de engajamento social e o impacto das ações de solidariedade.

A prestação de contas detalhada da campanha solidária está disponível para consulta, evidenciando a transparência e responsabilidade dos estudantes envolvidos. A iniciativa promovida pelo grupo de estudantes da Ufal destaca o poder da união e da solidariedade em fazer a diferença na vida daqueles que mais necessitam, reforçando o verdadeiro significado de “fazer o bem” em todas as suas dimensões.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo