Ufal e Sociedade faz reflexões sobre conscientização e combate ao racismo


Símbolo da resistência contra a escravidão, a Serra da Barriga, em União dos Palmares, recebe visitantes durante todo o ano. Mas é no 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, que acontecem as atividades mais importantes. Muito além de uma data institucional, é um dia para celebrar a memória das lideranças do Quilombo dos Palmares, onde mulheres e homens, negros e indígenas, defenderam uma vida livre por mais de um século.

A Universidade Federal de Alagoas (Ufal), tem um grande acervo de pesquisas, projetos de extensão e atividades acadêmicas sobre o Quilombo dos Palmares. No Repositório da Ufal, pesquisando a palavra Quilombo, são mais de dez páginas de resultados, com dissertações e teses em várias áreas do conhecimento, passando por Nutrição, História, Sociologia, Medicina, etc. Sobre as lideranças do Quilombo dos Palmares, como Zumbi e Dandara, também são várias as referências acadêmicas.

Entre elas, o trabalho intitulado Sobre as mortes das Dandaras: gênero, raça e classe como aportes para pensar uma criminologia feminista e interseccional, dissertação apresentada por Elita Isabella Morais Dorvillé de Araújo, sob a orientação da professora Eliane Pimentel, que aborda “a violência feminicida no Brasil, que possui como sua principal vítima as mulheres negras”.

Por toda essa relevância científica e cultural, a Ufal mais uma vez estará representada nas celebrações de 20 de novembro, na Serra da Barriga. O programa Ufal e Sociedade, da Rádio Ufal, que vai ao ar toda segunda-feira, às 11h, será gravado durante as atividades realizadas no Parque Memorial Quilombo dos Palmares, entrevistando o professor Danilo Marques, coordenador do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (Neabi) da Ufal.

Durante a programação de sábado, também serão veiculadas entrevistas com os vários representantes da comunidade universitária da Ufal que estiverem participando das atividades do Dia da Consciência Negra. Acompanhe e divulgue a programação da Rádio Ufal

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo