Ufal e Sociedade fala sobre os impactos do derramamento de óleo no litoral de Alagoas


Por Lenilda Luna – jornalista

08/10/2021 09h43

As comunidades que habitam a Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais, no litoral norte de Alagoas, sofreram, no final de 2019, com o derramamento de óleo, provavelmente de um navio petroleiro. A Marinha ainda está investigando as responsabilidades. Os pesquisadores também continuam mensurando os impactos e danos ao meio ambiente e à sociedade.

Nem bem se recuperaram desse drama, veio outro para tornar a situação dos pescadores e marisqueiras ainda mais difícil: a pandemia da covid-19. Mariana Estevo, cientista social formada pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), estava cursando o mestrado no Programa de Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e acompanhou esse problema.

Na entrevista ao programa Ufal e Sociedade, que vai ao ar na próxima segunda-feira (11), às 11h, Mariana Estevo fala sobre a pesquisa desenvolvida na região, da qual ela participou como mestranda. Os resultados foram publicados numa conceituada revista científica internacional sobre poluição marinha, a Marine Pollution Bulletin.

Integraram a pesquisa, além dos pesquisadores do Programa de Pós-graduação em Diversidade Biológica e Conservação da Ufal, um pesquisador da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e outro da Universidade Autônoma de Barcelona (Espanha). Foram entrevistados 381 pescadores e marisqueiras dos municípios de Paripueira e da Barra de Santo Antônio, no Estado de Alagoas.

Na entrevista, Mariana Estevo conta como se aproximou dessa temática da conservação ambiental, a importância desse compromisso científico e social e fala dos dramas que registrou nas comunidades: adoecimento pelo contato com o óleo, pessoas infectadas com a covid-19, dificuldades de manter a pesca e a comercialização dos pescados e a demora em receber os auxílios sociais. Acompanhe e divulgue o programa Ufal e Sociedade.

O programa é veiculado na Rádio Ufal às 11h, com reprise às 17h e às 23h e depois fica disponível no podcast.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo