UFAL – 37ª edição da Semana de Biologia da Ufal tem início com palestra sobre interação humano-animal-planta-ambiente.


A 37ª edição da Semana de Biologia, evento mais longevo da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), teve início na última segunda-feira (4). A mesa de abertura foi realizada no auditório da Reitoria e contou com a presença de integrantes da gestão central da Universidade, docentes e estudantes do Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS), unidade responsável pela realização da Semana.

A palestra de abertura, intitulada “Interação humano-animal-planta-ambiente: o biólogo na saúde única”, foi ministrada pela professora Jaqueline de Oliveira, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). A coordenadora da 37ª SemaBio, Amanda Lys dos Santos Silva, expressou sua gratidão e entusiasmo pelo evento, enfatizando a dedicação e trabalho realizados nos meses de preparação.

O vice-coordenador do evento, professor Aleilson da Silva Rodrigues, reafirmou o compromisso de fazer um evento cada vez mais forte e expressou sua gratidão pela participação de toda comunidade acadêmica. Até a próxima quarta-feira (6), estudantes, pesquisadores, docentes e profissionais da área participarão de palestras, mesas-redondas, minicursos e oficinas no ICBS, localizado no Campus A.C. Simões da Ufal, em Maceió.

Entre as novidades desta edição da SemaBio estão o sarau cultural e a visitação de escolas de ensino médio e fundamental. O presidente do Centro Acadêmico Enraizando em Terras Secas, Devid Tenório dos Santos, destacou a importância do evento para a comunidade do curso de Biologia e parabenizou os envolvidos na organização.

A Semana de Biologia passou a integrar o quadro de Atividade Curricular de Extensão do ICBS nesta edição. O evento tem como objetivo promover a integração e o intercâmbio de conhecimentos, unindo as atividades de ensino, pesquisa e extensão.

O coordenador do curso de bacharelado em Ciências Biológicas, Olagide Wagner de Castro, ressaltou a importância do evento para mostrar às pessoas o que a Biologia realiza. Ele destacou a relevância das pesquisas realizadas na Universidade, que muitas vezes não chegam ao conhecimento da sociedade, e enfatizou a oportunidade de mostrar a importância da Ufal nas áreas de ensino, pesquisa e extensão.

A coordenadora do curso de licenciatura em Ciências Biológicas, Maria Danielle Araújo Mota, agradeceu a presença dos participantes e enfatizou a importância do evento como uma oportunidade de fortalecer a comunidade acadêmica.

Além da participação dos cursos de graduação, a Semana de Biologia contou com a presença dos programas de pós-graduação do ICBS. O pró-reitor de Graduação, Amauri Barros, destacou a importância do evento como um momento de diálogo e integração entre a graduação e os programas de pós-graduação.

O diretor do ICBS, Renato Santos Rodarte, expressou sua satisfação em participar de mais uma edição do evento e ressaltou a importância da Semana de Biologia, feita pelos alunos e para os alunos. O pró-reitor Estudantil, Alexandre Lima da Silva, representando o reitor Josealdo Tonholo, destacou a programação do evento e a novidade de trazer turmas dos ensinos médio e fundamental para participarem.

A programação da Semana de Biologia deste ano abrange diversos temas, como fisiologia do sono, genética forense, ecossistemas costeiros, uso abusivo de medicamentos, Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), atuação do biólogo pós-pandemia, entre outros. O evento conta com a participação de 800 inscritos, incluindo 400 alunos da educação básica.

A Semana de Biologia é organizada por uma comissão de docentes e estudantes dos cursos de Ciências Biológicas e conta com o apoio do Centro Acadêmico Caetés Enraizando em Terras Secas. O evento é direcionado a alunos de graduação e pós-graduação das áreas de Ciências Biológicas e Ciências da Saúde, além de profissionais atuantes nessas áreas.

Acesse o site para acompanhar as novidades sobre o evento. A realização da Semana de Biologia é mais um exemplo do compromisso da Ufal em promover a integração e o intercâmbio de conhecimentos em diversas áreas, contribuindo para o desenvolvimento da ciência e da sociedade.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo