Tragédia no RS gera debates na Câmara: proposta de homenagem a empresário causa polêmica entre parlamentares


A tragédia provocada pelas chuvas no Rio Grande do Sul se tornou palco de um intenso debate e troca de ironias entre parlamentares durante a reunião da Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados nesta terça-feira, 7. O assunto que gerou controvérsia foi a proposta de uma moção de aplausos ao empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan e conhecido por seu apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro.

A inclusão desse tema na pauta da comissão gerou protestos por parte da oposição, que considerou a homenagem como uma tentativa de politização da tragédia. O deputado Pastor Henrique Vieira, do PSOL-RJ, criticou a escolha de homenagear apenas um empresário, destacando que há artistas e celebridades de diferentes espectros políticos auxiliando as vítimas no Rio Grande do Sul.

Durante a discussão, o nome do influenciador Felipe Neto foi mencionado pelo deputado, o que resultou em ironias por parte dos parlamentares majoritariamente bolsonaristas. A menção à cantora Madonna também gerou comentários sarcásticos, levando o deputado a destacar a falta de sensibilidade diante do sofrimento humano.

Apesar da polêmica, o requerimento de moção de aplausos foi rejeitado por falta de votos, com 18 a favor e 3 contra, sendo necessários 20 apoios devido à matéria ter sido incluída durante a sessão. O deputado autor da proposta defendeu Luciano Hang, alegando que o empresário estava sendo perseguido pela esquerda.

Além de Luciano Hang, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, também foi elogiado pela Comissão de Segurança da Câmara pela sua atuação em apoio ao Rio Grande do Sul. Já o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi alvo de uma moção de repúdio pela demora em mobilizar o Exército Brasileiro para auxiliar no resgate das vítimas.

Dessa forma, a discussão na Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados refletiu as divisões políticas e as divergências de opinião em meio à tragédia causada pelas chuvas no Rio Grande do Sul. A polêmica em torno das homenagens e das ações de resgate continuam sendo tema de debates e deliberações no cenário político nacional.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo