Torcedor mirim do Boca Juniors vende moto e videogame para assistir final da Libertadores no Maracanã mesmo sem ingresso.

Neste sábado, o Maracanã será palco da grande final da Libertadores entre Fluminense e Boca Juniors. E a presença dos torcedores argentinos no Rio de Janeiro tem chamado a atenção. Alguns deles fizeram verdadeiras loucuras para estar presente no estádio.

Um exemplo disso é o caso de um torcedor mirim do Boca Juniors, que em entrevista para a TV argentina Tyc Sports, revelou que ele e seu pai venderam uma moto e um videogame para estarem presentes na decisão. Mesmo sem ingresso, eles fazem questão de estar no local para apoiar o seu time.

E eles não serão os únicos. Pelo menos 30 mil torcedores do Boca Juniors compraram ingresso para a final. No entanto, a expectativa é que dezenas de milhares de Xeneizes estejam no Rio de Janeiro, mesmo sem entrada para o jogo.

A quantidade exata de argentinos presentes na cidade é difícil de ser mensurada. No entanto, é lembrado o Mundial de 2014, quando a seleção da Argentina foi vice-campeã no Maracanã e cerca de 80 mil torcedores argentinos marcaram presença. Nesta final da Libertadores, veículos da imprensa argentina chegam a prever até 150 mil torcedores, uma expectativa semelhante àquela divulgada pelo próprio Boca Juniors.

Fluminense e Boca Juniors se enfrentam neste sábado em busca do título da Libertadores. A partida será em jogo único, ou seja, quem vencer se torna campeão. Em caso de empate, haverá prorrogação. E se a igualdade persistir, o título será decidido nos pênaltis.

O Boca Juniors busca o seu sétimo título na competição, enquanto o Fluminense busca a sua primeira conquista. A expectativa é de um grande jogo no Maracanã, com apoio fervoroso das torcidas. O time argentino tem uma das torcidas mais apaixonadas e fanáticas do mundo, e os torcedores estão dispostos a fazer qualquer sacrifício para estar presente e empurrar o time rumo ao hepta da Libertadores.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo