TJSP determina bloqueio de contas de esposa de Ciro Gomes para cumprir condenação por danos morais a José Serra

O casal Giselle Bezerra e Ciro Gomes, figura influente do partido político PDT, enfrenta problemas financeiros após a determinação da Justiça de São Paulo bloquear as contas bancárias de Giselle. A decisão judicial é resultado de uma condenação por danos morais do marido, Ciro Gomes, ao ex-governador de São Paulo, José Serra, do partido PSDB.

Tal condenação se deu após Ciro Gomes fazer acusações sem provas durante uma entrevista concedida ao jornal “Folha de S.Paulo” em 2002, época em que ambos disputavam a Presidência. Na ocasião, o pedetista afirmou que seu adversário era “o candidato dos grandes negócios e das negociatas, da manipulação despudorada do espaço público, do dinheiro público para fins eleitorais”. Essas declarações resultaram em uma ação judicial movida por José Serra alegando danos morais.

Inicialmente, o valor da indenização pleiteada era de R$ 10 mil, mas ao longo dos anos, o montante aumentou para R$ 447 mil. A condenação já transitou em julgado, o que significa que não cabe mais recurso. Porém, o casal ainda tem a opção de contestar o bloqueio das contas de Giselle.

A decisão da juíza Elaine Faria Evaristo, proferida em 25 de setembro, alega que Ciro Gomes transferiu uma quantia proveniente da venda de um imóvel, avaliado em R$ 560.949,79, para sua esposa Giselle. Segundo a juíza, essa transferência foi uma tentativa de ocultar o patrimônio do político.

Cabe ressaltar que Ciro Gomes e Giselle Bezerra vivem em uma união estável, o que justificaria o bloqueio das contas da companheira de Ciro. A juíza afirma que a medida tem como objetivo bloquear o patrimônio do executado, Ciro Gomes, e não o de sua companheira.

A situação do casal demonstra a gravidade das consequências jurídicas relacionadas a declarações irresponsáveis, especialmente no contexto político. A decisão judicial de bloquear as contas de Giselle Bezerra evidencia a seriedade das acusações feitas por Ciro Gomes contra José Serra, levando-o a arcar com uma indenização milionária. Resta agora ao casal decidir se questionará essa decisão judicial.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo