Setur divulga calendário de cursos gratuitos para capacitar profissionais do turismo em Alagoas. Mais de mil vagas em 18 cidades.

A Secretaria de Estado do Turismo de Alagoas (Setur) divulgou nesta sexta-feira (29) um novo calendário de cursos profissionalizantes gratuitos, com o objetivo de solucionar um dos principais gargalos do turismo no estado. O cronograma prevê a disponibilização de mil vagas em cursos ministrados pelo Senac e Sindhal em 18 cidades alagoanas.

A Setur tem divulgado mensalmente um cronograma dos cursos que devem capacitar mais de 11 mil pessoas até junho de 2024. Segundo a secretária de Estado do Turismo, Bárbara Braga, o programa foi criado para atender a uma demanda do próprio trade turístico local. Segundo ela, a rede de hotéis e pousadas aponta que há uma carência de 50 mil profissionais atualmente, que poderiam ser contratados imediatamente se tivessem capacitação técnica.

Com a previsão de que mais 16 hotéis em construção sejam inaugurados até 2025 em Alagoas, o trade enfrentaria cada vez mais dificuldades para expandir seus negócios mantendo a qualidade do atendimento. Para solucionar esse gargalo, a secretaria criou o programa, que deve expandir em breve.

Para conferir todos os cursos oferecidos pelo programa em outubro, e os pré-requisitos para inscrição, os interessados podem acessar o site da Setur. Pelo endereço www.setur.al.gov, também é possível acessar a plataforma para se inscrever pela internet nos cursos ministrados pelo Sindhal. Já para as aulas ministradas pelo Senac, é necessário ir presencialmente na sede da instituição em Maceió ou Arapiraca para se matricular.

Além disso, a Setur disponibiliza o WhatsApp 82 98833-9510 para que os interessados possam tirar dúvidas sobre os cursos ofertados. Nos três primeiros meses de atuação do programa, já foram disponibilizadas mais de 2,4 mil vagas em 28 cidades de Alagoas.

Com o investimento na capacitação de profissionais, a Setur busca suprir a carência de mão de obra qualificada no setor turístico alagoano. A expectativa é que, com a formação desses profissionais, o estado possa expandir ainda mais seu potencial turístico e garantir uma experiência de qualidade aos visitantes. A iniciativa é um passo importante para fortalecer o turismo como uma das principais atividades econômicas do estado.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo