SENADO FEDERAL – Senador Seif presta homenagem à avó falecida em emocionante tributo.


A morte da avó materna do senador Jorge Seif (PL-SC), Noêmia Miguel Felippe, foi o destaque de um emocionado pronunciamento feito por ele no Plenário nesta quarta-feira (30). Aos 90 anos, Noêmia faleceu no último domingo (27), no Rio de Janeiro.

Durante seu discurso, Seif fez questão de homenagear sua avó, ressaltando sua trajetória como comerciante e seu envolvimento em causas sociais. Além disso, ele destacou que Noêmia foi uma mulher à frente de seu tempo, que teve quatro filhos, oito netos, 15 bisnetos e dois trinetos.

Uma curiosidade mencionada pelo senador foi que Noêmia foi a responsável por ensiná-lo a dirigir. Mesmo com o medo de sua mãe, ela lhe dava aulas práticas de direção em seu Fiat Uno quando ele ainda era jovem.

No entanto, o que mais chamou a atenção na história de vida de Noêmia foi sua determinação em alcançar a idade de 90 anos. Segundo Seif, ela tinha uma meta pessoal de chegar a essa marca, que foi atingida na sexta-feira (25), apenas dois dias antes de seu falecimento.

Durante seu pronunciamento, o senador expressou seu amor e gratidão pelo trabalho realizado por sua avó, tanto na política quanto na vida familiar.

“Foi um exemplo de mãe, de mulher e de guerreira que venceu. Meu eterno agradecimento por todo o trabalho que dona Noêmia Miguel Felippe prestou ao Brasil”, declarou Seif.

Essa declaração de amor e respeito teve um significado ainda mais especial, pois Noêmia sempre esteve presente na vida do senador e foi uma grande influência em sua atuação política.

Essa homenagem emocionada de Jorge Seif à sua avó, ocorrida no Plenário do Senado, foi transmitida em rede nacional e emocionou a todos que acompanhavam o pronunciamento. A história de Noêmia Miguel Felippe foi lembrada como um exemplo de determinação e luta pelo bem-estar da família e da sociedade.

É importante ressaltar que a reprodução deste conteúdo é autorizada mediante a citação da Agência Senado.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo