SENADO FEDERAL – Senador pede liberação de recursos para mobilidade urbana em municípios antes das eleições municipais, alertando para impacto no desenvolvimento local.


O senador Nelsinho Trad (PSD-MS) fez um apelo ao ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, para que libere as contratações de municípios prontos para aderir ao programa de mobilidade urbana Avançar Cidades. Durante seu pronunciamento nesta sexta-feira (21), o parlamentar ressaltou a importância deste programa do governo federal, que visa melhorar a qualidade dos deslocamentos da população em ambientes urbanos, através do financiamento de ações voltadas ao transporte público e não motorizado, elaboração de planos de mobilidade urbana municipais e metropolitanos, além de estudos e projetos executivos.

Nelsinho Trad enfatizou que diversos municípios brasileiros estão necessitando desses recursos para promover o desenvolvimento econômico, gerar empregos e melhorar a mobilidade das pessoas. Ele destacou a urgência da liberação das contratações, uma vez que a legislação eleitoral impede transferências de recursos a partir do dia 6 de julho, devido às eleições municipais. O senador alertou que, caso as contratações não sejam liberadas até a primeira semana de julho, os municípios só poderão ser atendidos após o segundo turno das eleições, no final do ano, período que em muitos estados coincide com a temporada de chuvas, tornando difícil a realização de obras de mobilidade urbana.

Portanto, Nelsinho Trad fez um pedido urgente ao secretário das Relações Institucionais para que as contratações sejam liberadas o quanto antes, beneficiando assim os municípios que já estão preparados para aderir ao Avançar Cidades. O senador ressaltou a importância desses investimentos para impulsionar o desenvolvimento econômico, promover o emprego e melhorar a infraestrutura urbana. A liberação desses recursos possibilitará a execução de ações que contribuirão para uma rede econômica mais positiva, gerando renda, empregos e movimentando a economia local de forma favorável.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo