SENADO FEDERAL – Marcha dos Prefeitos: Sessão revela endividamento de prefeituras e reivindica desoneração da contribuição previdenciária e pagamento de dívidas com a União


Na tarde desta segunda-feira (13), o Plenário do Senado foi palco de uma importante sessão de debates temáticos que trouxe à tona a delicada situação de endividamento enfrentada por diversas prefeituras brasileiras. O encontro contou com a presença de presidentes de entidades municipalistas e prefeitos, que estarão em Brasília na próxima semana para participar da Marcha dos Prefeitos, que ocorrerá entre os dias 20 e 23 de maio.

Durante a sessão, os representantes municipais defenderam a desoneração da contribuição previdenciária de 20% para 8% nos municípios com até 142 mil habitantes, bem como solicitaram o pagamento das dívidas da União com as prefeituras referentes a programas sociais. Essas medidas são vistas como fundamentais para amenizar a crise financeira enfrentada por muitos municípios do país.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, foi responsável por comandar a sessão, que teve como objetivo central promover um espaço de diálogo e debate sobre as principais demandas e desafios enfrentados pelas prefeituras brasileiras. A presença de representantes de entidades municipalistas e prefeitos foi fundamental para dar voz às questões que afetam diretamente a gestão municipal e a prestação de serviços à população.

A expectativa é que a participação dos prefeitos na Marcha dos Prefeitos contribua para sensibilizar as autoridades e a sociedade em geral sobre a urgência de medidas que possam auxiliar as prefeituras a superarem suas dificuldades financeiras. A união e mobilização dos gestores municipais são essenciais para buscar soluções efetivas que garantam a continuidade dos serviços públicos e o bem-estar da população.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo