SENADO FEDERAL – “Audiência na CMA lança novo Plano de Gestão de Resíduos Sólidos do Senado para promover práticas ambientalmente adequadas”

Na terça-feira (28), a Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado lançou o novo Plano de Gestão de Resíduos Sólidos da Casa, com o objetivo de promover a manipulação ambientalmente adequada dos resíduos gerados pelas atividades parlamentares. O plano segue as diretrizes estabelecidas na Lei 12.305/2010, conhecida como a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

A audiência realizada na CMA foi presidida pela senadora Leila Barros (PDT-DF), que enfatizou a importância da adoção de práticas ambientalmente responsáveis pelo Senado como um exemplo influente para a agenda ambiental de todo o país. Seguindo as diretrizes estabelecidas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos, o novo Plano de Gestão de Resíduos Sólidos do Senado busca atender às demandas ambientais e garantir a correta destinação dos resíduos produzidos pela instituição.

Além disso, a implementação do plano também visa a redução do impacto ambiental causado pelo descarte indevido de resíduos sólidos, contribuindo para a preservação do meio ambiente e a promoção de práticas sustentáveis. Durante a audiência, foram apresentadas diretrizes e ações específicas que serão adotadas pelo Senado para a efetivação do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos, incluindo a conscientização dos servidores e a implementação de sistemas de coleta seletiva.

A senadora Leila Barros ressaltou a importância da conscientização e engajamento de todos os setores do Senado para a efetiva implementação do plano, enfatizando que a responsabilidade ambiental é uma pauta urgente e relevante para o legislativo brasileiro. Por meio desse compromisso com a sustentabilidade, o Senado busca se alinhar com as diretrizes estabelecidas pela legislação ambiental e contribuir para a construção de um país mais sustentável e responsável.

Dessa forma, o lançamento do novo Plano de Gestão de Resíduos Sólidos do Senado representa um avanço significativo na busca por práticas mais sustentáveis e responsáveis no âmbito parlamentar, influenciando positivamente a agenda ambiental e promovendo um exemplo de comprometimento com a preservação do meio ambiente em todo o país. A implementação efetiva desse plano representará um marco importante na história do Senado, reforçando o compromisso do legislativo brasileiro com a proteção ambiental e o desenvolvimento sustentável.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo