SAÚDE – Planos odontológicos registram 32,2 milhões de usuários em outubro de 2023, aponta ANS; planos médico-hospitalares totalizam 50,8 milhões.


Os planos de saúde no Brasil continuam a registrar um aumento constante no número de beneficiários, de acordo com os dados fornecidos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Em outubro de 2023, os planos exclusivamente odontológicos atingiram a marca de 32,2 milhões de usuários, representando um aumento significativo de 2.417.157 beneficiários em relação ao ano anterior. Em comparação com setembro do mesmo ano, houve um acréscimo de 291.851 usuários.

Já os planos de assistência médica totalizaram 50.870.096 usuários no mesmo período. Os planos médico-hospitalares apresentaram um crescimento de 963.382 beneficiários em relação a outubro de 2022, mas registrou uma queda de 11.149 usuários quando comparado com setembro de 2023.

Os dados também revelam que em 24 unidades federativas do país houve um aumento no número de beneficiários em planos de assistência médica em comparação com outubro de 2022, com os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais liderando o crescimento em números absolutos. No caso dos planos odontológicos, 26 unidades federativas apresentaram crescimento no comparativo anual, com São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro se destacando como os estados com maior crescimento em números absolutos.

Esses números refletem a crescente demanda por serviços de saúde suplementar no país, demonstrando a importância desses planos para a população. O aumento do acesso a planos odontológicos e de assistência médica demonstra a preocupação dos brasileiros com a saúde bucal e o bem-estar geral, mesmo em um cenário de desafios econômicos e de saúde pública.

A ANS continuará a monitorar de perto o crescimento e evolução do setor de saúde suplementar, garantindo a qualidade e acessibilidade dos serviços prestados aos beneficiários. Os números apresentados são um reflexo do compromisso do setor privado com a promoção da saúde e do bem-estar da população brasileira.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo