SAÚDE – Ministério da Saúde reajusta bolsa de profissionais do Programa Mais Médicos em 8,4% e anuncia novos valores e benefícios.


O Ministério da Saúde anunciou um reajuste de 8,4% na bolsa de profissionais participantes do Programa Mais Médicos. Com esse aumento, o valor líquido passará de R$ 11.530,04 para R$ 12.500,80. A decisão foi publicada por meio de uma portaria no Diário Oficial da União e entrará em vigor a partir da próxima remuneração, no primeiro dia útil de julho.

De acordo com o Ministério da Saúde, a última atualização da bolsa-formação havia sido feita em 2019. Com o reajuste, os valores de ajuda de custo, oferecidos aos médicos quando eles mudam de cidade para atuar no programa, também serão ampliados, variando de uma a três bolsas-formação dependendo da localidade de atuação.

Além disso, as indenizações por fixação, que representam a soma das bolsas-formação recebidas ao longo dos quatro anos de participação no programa, terão um aumento. Os incentivos podem variar de 10% a 80% do total de bolsas recebidas, conforme a localidade de atuação e a condição do médico.

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde mostram que atualmente o Programa Mais Médicos conta com 24,9 mil vagas ocupadas e 2,6 mil em ocupação. A meta estabelecida pelo governo federal para 2024 é de 28 mil médicos ativos. É importante ressaltar que 60% dos médicos em atuação em municípios mais vulneráveis são profissionais participantes do programa.

O reajuste na bolsa do Programa Mais Médicos representa um reconhecimento da importância e do valor do trabalho realizado por esses profissionais, que desempenham um papel fundamental na assistência à saúde da população em todo o país. A medida demonstra o compromisso do Ministério da Saúde em garantir condições mais atrativas e incentivos para os médicos que participam do programa.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo