Sabatina na CRE para a indicação de embaixadores para a Irlanda, Cazaquistão, Quirguistão, Turcomenistão, Noruega e Islândia acontece nesta quinta-feira


Nesta quinta-feira (6), a Comissão de Relações Exteriores (CRE) terá uma sabatina marcada para as 10h com a presença de três diplomatas indicados para futuros cargos de embaixadores. Os países em destaque são a Irlanda, o Cazaquistão, Quirguistão, Turcomenistão, Noruega e Islândia. Caso sejam aprovados na comissão, os nomes ainda precisarão da confirmação do Plenário do Senado.

O primeiro indicado é Flávio Helmold Macieira, que está destinado a assumir a embaixada na Irlanda. Com uma vasta experiência na carreira diplomática desde 1977, Macieira já ocupou o cargo de ministro de primeira classe em 2007. As relações entre Brasil e Irlanda foram estabelecidas em 1975, e a abertura da embaixada brasileira em Dublin ocorreu em 1991. O relatório da senadora Tereza Cristina destaca o alto nível de liberdade e avanço tecnológico da economia irlandesa, bem como os investimentos significativos feitos pela Irlanda no Brasil.

Para representar o Brasil no Cazaquistão, Quirguistão e Turcomenistão, o indicado é Marcel Fortuna Biato, também ministro de primeira classe. Com uma carreira que inclui passagens por diversos países e organismos internacionais, Biato tem a missão de fortalecer os laços diplomáticos e comerciais nessas regiões da Ásia Central.

Rodrigo de Azeredo Santos é o terceiro indicado, para assumir a embaixada brasileira na Noruega e Islândia. Com formação em economia e uma carreira diplomática iniciada em 1992, Santos traz consigo uma bagagem importante para representar o Brasil em países com relevância estratégica, como a Noruega, que mantém investimentos expressivos no Brasil, especialmente no setor de petróleo e gás.

No cenário global, essas indicações representam a continuidade e fortalecimento das relações diplomáticas, comerciais e estratégicas do Brasil com países importantes ao redor do mundo. A sabatina na CRE será fundamental para avaliar a qualificação e a capacidade desses indicados em assumir essas responsabilidades.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo