Representante brasileiro do reality sul-coreano Babel 250 viraliza nas redes e surpreende internautas 7 anos após o programa.

O ex-participante da Mangueira, Matheus Olivério, tem sido assunto nas redes sociais nesta semana após a viralização de um vídeo antigo no qual ele aparece em um reality show sul-coreano chamado “Babel 250”. O programa, que estreou em julho de 2016, tinha como proposta reunir pessoas de diferentes países em uma casa para conviverem e tentarem criar uma língua universal, inspirada na história da Torre de Babel.

O destaque de Matheus como mestre-sala da Mangueira chamou a atenção dos internautas que se surpreenderam ao descobrir sua participação no reality show. O ex-representante do Brasil no programa enfrentou o desafio de se comunicar com participantes de outras nacionalidades sem o uso de tradutores, a fim de promover a interação entre pessoas de diferentes origens.

Sua presença no programa acabou proporcionando uma nova perspectiva para os espectadores sul-coreanos sobre a cultura brasileira e o samba, mostrando a riqueza da diversidade cultural que o país possui. Embora o reality show tenha sido exibido há sete anos, vídeos de Matheus ainda circulam nas redes sociais, proporcionando momentos divertidos e curiosos para os fãs que desejam reviver essa experiência única.

Na época em que participou do programa, Matheus compartilhou diversas fotos em seu Instagram ao lado do elenco, que contava com um chinês, uma russa, um coreano, um tailandês e uma venezuelana. Sua jornada no “Babel 250” certamente contribuiu para um maior entendimento e apreciação da cultura brasileira por parte dos sul-coreanos.

A viralização do vídeo antigo reforçou a admiração dos fãs pelo mestre-sala da Mangueira, mostrando que sua presença em um programa tão inusitado como o “Babel 250” ainda é motivo de interesse para muitos. A experiência de Matheus no reality se soma à sua trajetória no carnaval, mostrando a versatilidade e a capacidade de se adaptar a diferentes desafios, seja dentro ou fora da Sapucaí.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo