Prefeito de Palmeira dos Índios recebe prêmio nacional Prefeito Amigo da Criança da Fundação Abrinq


O título honorário de Prefeito Amigo da Criança foi recentemente atribuído a Júlio Cezar, prefeito de Palmeira dos Índios. Esta distinção, entregue pela Fundação Abrinq na capital federal, Brasília, na quarta-feira, 12, visa reconhecer os avanços conquistados na esfera das políticas e indicadores voltados para a infância e adolescência nos municípios brasileiros.

A premiação nacional foi concedida a apenas 100 autarcas entre as 5.565 municipalidades do país. Júlio Cezar marcou presença na cerimônia juntamente com a primeira-dama Karla Cavalcante e a coordenadora do programa na comuna, a Pollyana Nunes.

A edição inaugural do programa Prefeito Amigo da Criança data de 1996 e tem como missão principal mobilizar executivos municipais à escala nacional. Desde a sua criação, este programa de mérito tem engajado mais de 10,000 gestores e laureou 798 prefeitos.

Ao longo dos quatro anos de um mandato municipal, o programa oferece aos municípios apoio técnico, recomendações e promove seminários para estimular o intercâmbio de ideias e reforçar a importância de um ambiente seguro para crianças e adolescentes. “Este programa demonstra o papel fundamental de parcerias entre governos municipais e sociedade civil para garantir um presente e um futuro mais promissores para nossos jovens”, sublinhou Victor Graça, o superintendente da Fundação Abrinq.

Neste ano, entre os premiados de diferentes regiões do Brasil, figuraram 58 autarcas do Nordeste, 22 do Sudeste, 10 do Sul, 8 do Norte e 2 do Centro-Oeste. Orgulhoso, Júlio Cezar partilhou: “Esta distinção tem um sabor particularmente especial, pois somente nós discernimos a complexidade em garantir que nossas crianças estejam regularmente em sala de aula, com direito a uma educação de qualidade, fardamento, calçado, mochila, merenda e transporte escolar assegurados. É nosso dever proporcionar uma educação superior para nossos jovens e seguimos implacáveis nesta missão. Agradeço à Abrinq por este reconhecimento.”

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo