POLÍTICA – Lula pede atenção aos ministros durante sua presidência no G20 em 2024: “Prioridade é a gestão do próprio país”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um chamado aos seus ministros para que não se esqueçam de que a prioridade do governo é a administração do próprio país, durante a presidência brasileira no G20 em 2024. Segundo Lula, coordenar o grupo das 20 maiores economias do mundo será a maior responsabilidade internacional do Brasil. A presidência brasileira no bloco terá início em 1º de dezembro deste ano e se estenderá até 30 de novembro de 2024.

Durante a abertura da reunião de instalação da Comissão Nacional para a Coordenação da Presidência do G20, no Palácio do Planalto, Lula enfatizou que os ministros foram eleitos ou indicados para governar o Brasil e que, portanto, a prioridade é a função para a qual foram escolhidos. Segundo ele, será necessário um esforço adicional para conciliar as demandas do G20 com as necessidades do país. “Se esse primeiro ano [de governo] foi o ano de reconstrução das coisas que nós tivemos que recolocar nesse Brasil, o ano que vem é o ano da gente colocar o pé na estrada, visitar esse país, conversar com prefeitos, governadores, deputados, senadores e, sobretudo, conversar com o povo que tem expectativa que a gente atenda os interesses que eles estabeleceram durante o processo eleitoral”, explicou o presidente.

De acordo com Lula, a Comissão Nacional para a Coordenação da Presidência do G20, instituída em junho deste ano, será composta por representantes de todos os ministérios, além do Banco Central e da Assessoria Especial do Presidente da República. Ele também destacou que o Brasil assumirá a presidência do G20 pela primeira vez desde a sua criação em 1999.

A agenda do G20 será definida e implementada pelo governo do Brasil, com o apoio direto da Índia, última ocupante da presidência, e da África do Sul, país que exercerá o mandato em 2025. Essa coordenação no Brasil ficará a cargo dos ministérios das Relações Exteriores e da Fazenda. O país, de dezembro deste ano a novembro de 2024, organizará mais de 100 reuniões oficiais em várias cidades, incluindo cerca de 20 reuniões ministeriais, 50 reuniões de alto nível e eventos paralelos. O ponto alto será a 19ª Cúpula de Chefes de Estado e Governo, nos dias 18 e 19 de novembro de 2024, no Rio de Janeiro.

Além disso, a presidência brasileira no G20 estabelecerá um canal de diálogo entre os chefes de Estado e governo e a sociedade civil, criando um evento de participação popular previamente à reunião dos líderes no Rio de Janeiro. As três prioridades da presidência brasileira no G20 serão a inclusão social e a luta contra a desigualdade, a fome e a pobreza, o enfrentamento das mudanças climáticas, com foco na transição energética, e a promoção do desenvolvimento sustentável em suas dimensões econômica, social e ambiental. Lula afirmou que o Brasil também defenderá a reforma das instituições de governança global para refletir a geopolítica do presente.

Em discurso, Lula destacou a importância de repensar o modelo de financiamento para países pobres, citando a dívida externa da Argentina com o FMI e o endividamento de países africanos que chega a US$ 800 bilhões. Ele enfatizou a necessidade de uma representação adequada de países emergentes em órgãos como o Conselho de Segurança das Nações Unidas e em instituições de financiamento como o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional (FMI). Segundo o presidente, o atual modelo de governança, criado após a Segunda Guerra Mundial, não representa mais a geopolítica do século 21.

Diante disso, a presidência brasileira no G20 se apresenta como uma oportunidade para o Brasil defender suas prioridades e contribuir para a construção de um mundo mais justo e equitativo. Lula enfatizou que é essencial envolver a sociedade civil nas discussões e garantir que nenhum segmento fique fora do debate. Com a chegada da presidência brasileira, o país terá a oportunidade de mostrar liderança e criatividade na busca por soluções para desafios globais.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo