POLÍTICA – Complexo Mineroindustrial da EuroChem é inaugurado por Lula no Brasil, visando independência na produção de fertilizantes e geração de empregos.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva marcou presença na inauguração do Complexo Mineroindustrial da EuroChem, localizado em Serra do Salitre, Minas Gerais, na última quarta-feira (13). O novo empreendimento tem como objetivo atender exclusivamente o mercado interno, com uma projeção de fornecimento de 1 milhão de toneladas de fertilizantes fosfatados por ano para a agricultura brasileira, representando 15% da produção nacional.

Segundo dados do governo, o Brasil atualmente responde por cerca de 8% do consumo global de fertilizantes, ocupando o quarto lugar no ranking mundial, atrás apenas da China, Índia e Estados Unidos. No entanto, mais de 80% dos fertilizantes utilizados no país são importados, o que evidencia uma grande dependência externa.

Durante seu discurso, o presidente Lula ressaltou a importância de tornar o Brasil autossuficiente na produção de fertilizantes, visando diminuir a necessidade de importação e fortalecer a economia nacional. Ele destacou que no ano anterior o país desembolsou US$ 25 bilhões em importações de fertilizantes, um montante que poderia ter sido investido em empresários locais, gerando empregos e melhorando a qualidade de vida da população.

Ao abordar a relevância do setor agrícola, Lula destacou a necessidade de investimentos para potencializar o agronegócio nacional. O presidente questionou por que o Brasil, com todo o seu potencial agropecuário, não é autossuficiente na produção de fertilizantes, enfatizando a importância estratégica desse insumo para garantir a segurança alimentar do país.

Para reduzir a dependência externa, o Conselho Nacional de Fertilizantes e Nutrição de Plantas aprovou o novo Plano Nacional de Fertilizantes, com metas ambiciosas de alcançar uma produção nacional capaz de atender entre 45% e 50% da demanda interna até 2050. As ações do plano incluem a reativação, conclusão ou ampliação de fábricas de fertilizantes estratégicas para o Brasil, principalmente as que produzem nitrogênio, fósforo e potássio.

O Complexo Mineroindustrial da EuroChem representa um investimento de US$ 1 bilhão e é a primeira unidade de mineração da empresa fora da Europa. Fundada em 2001, a EuroChem é uma empresa multinacional de origem russa com presença em diversos países, incluindo o Brasil desde 2016.

A nova unidade em Serra do Salitre contempla desde a extração do fosfato até a produção de fertilizantes granulados, com uma capacidade de produção anual significativa. A EuroChem espera envolver mais de 1,5 mil colaboradores na operação do complexo, gerando empregos diretos e indiretos na região.

Com um sistema de barragens monitorado por tecnologia avançada, a EuroChem visa garantir a segurança e a sustentabilidade de suas operações, além de promover o desenvolvimento local com a contratação de mão de obra da região. A iniciativa representa um passo importante na busca pela autossuficiência na produção de fertilizantes e no fortalecimento da agricultura brasileira.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo