Polícia Militar de Alagoas forma novos negociadores de crise após concluírem curso em Sergipe.


A Polícia Militar de Alagoas (PM-AL) acaba de ampliar sua equipe de negociadores de crise, com a formatura de dois novos profissionais na área. O tenente Willams Santos e o sargento Cleder Silva concluíram, na última sexta-feira (07), o 1° Curso de Negociação Policial em Crises da PM de Sergipe.

Segundo o 1° tenente Willams, o curso proporcionou um aprendizado enriquecedor, com a participação de referências nacionais no campo da negociação policial. “A coordenação do curso trouxe o que havia de melhor em técnicas de negociação policial no Brasil, nos oferecendo uma bagagem valiosa. Nossa missão agora é disseminar essa doutrina na Polícia Militar de Alagoas”, ressaltou o oficial.

Já o 2° sargento Cleder destacou a relevância do conhecimento adquirido durante o curso, que abrange uma ampla gama de conhecimentos interdisciplinares. “Tudo o que aprendemos será aplicado em nosso estado. Com a inclusão de negociadores bem instruídos e capacitados, a equipe do Batalhão de Operações Policiais Especiais, o Bope de Alagoas, estará completa para agir da forma mais eficaz possível”, enfatizou.

O curso, que teve duração de quatro semanas e carga horária de 220 horas-aulas, contou com a participação de dois policiais militares de Alagoas, 15 de Sergipe, dois do Tocantins, um do Rio Grande do Norte, uma policial militar de Goiás, além de dois policiais civis e um policial penal de Sergipe. Todos os formandos estão agora capacitados para atuar na negociação em situações de crise, integrando equipes especializadas nessa área. Com a chegada desses novos profissionais, a PM-AL reforça seu compromisso com a segurança e a eficiência nas operações policiais.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo