Piloto de Fórmula 1 finlandês Valtteri Bottas arrecada R$ 750 mil para instituição de saúde masculina com calendário “ousado”


No mês de novembro, o piloto finlandês de Fórmula 1 Valtteri Bottas causou um grande impacto ao anunciar que arrecadou o equivalente a R$ 750 mil para uma instituição de caridade de saúde masculina com o polêmico calendário “Bottass 2024”. A iniciativa, que consiste em exibir fotografias ousadas de seu corpo, chamou a atenção dos fãs e gerou controvérsias.

O sucesso do calendário foi comemorado pelo piloto durante o Grande Prêmio de Las Vegas, no qual agradeceu o apoio dos fãs e revelou que a iniciativa arrecadou cerca de U$ 150 mil para a @Movember. Bottas expressou sua gratidão pelo apoio recebido e ressaltou a importância das doações e vendas dos calendários para a instituição de caridade.

A proposta do calendário “Bottass 2024” surgiu em outubro e consiste em 13 fotos do piloto nu em um lago na floresta. Cada venda do calendário gera uma doação de 5 dólares para a Movember. A ideia do calendário surgiu após o sucesso de uma foto de Bottas nu em um riacho em Aspen, Colorado, tirada por sua namorada, a ciclista australiana Tiffany Cromwell. A imagem se tornou viral no Instagram e foi vendida para beneficiar a caridade.

Bottas revelou que teve que explicar a ideia por trás do calendário para sua mãe, que inicialmente ficou confusa e protetora ao ver as fotos. No entanto, após compreender a causa beneficente por trás da iniciativa, sua mãe deu seu apoio à atitude do piloto.

A instituição Movember é conhecida por seu foco na saúde mental masculina e na prevenção de doenças como o câncer de próstata e testículo, além de lutar contra o suicídio. Atualmente, a organização tem mais de 1.250 projetos em mais de 20 países e mantém parcerias com cerca de 20 empresas dedicadas à saúde masculina.

A iniciativa de Bottas gerou um amplo debate e provocou discussões sobre a forma como os atletas utilizam sua imagem para influenciar causas sociais. A atitude do piloto finlandês demonstra a importância do engajamento de personalidades públicas em questões de saúde e solidariedade, além de mostrar o grande impacto que essas figuras podem ter em arrecadar fundos para organizações de caridade.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo