Parceria oferece atendimento odontológico especializado a crianças com microcefalia em Maceió, garantindo tratamentos que fazem a diferença.

 

Na última quarta-feira (29), as crianças com microcefalia tiveram acesso a um atendimento odontológico especializado na Unidade de Saúde da Família Robson Cavalcante, localizada no Benedito Bentes. A ação decorreu de uma colaboração entre a Coordenação Técnica de Saúde Bucal de Maceió, a Associação Famílias de Anjos do Estado de Alagoas (Afaeal) e a Universidade Paulista (Unip).

Durante o atendimento, as crianças passaram por procedimentos como avaliação bucal, aplicação de toxina botulínica nas glândulas salivares para pacientes com salivação excessiva e moldagem da cavidade bucal com scanner odontológico para a confecção de aparelhos ortodônticos posteriores.

A coordenadora técnica de Saúde Bucal da SMS, Ducy Lily Farias, enfatizou a importância da parceria para a oferta de atendimento personalizado ao público com microcefalia. Ela destacou que a união de esforços garante assistência qualificada a essas crianças, trazendo tratamentos que fazem a diferença e proporcionando maior bem-estar e conforto.

Além disso, a professora do Programa de Pós-graduação da Unip, Cristina Feijó, ressaltou a importância do acompanhamento da saúde bucal das crianças com microcefalia. Segundo ela, essas crianças tendem a apresentar muitos comprometimentos na boca devido a comprometimentos neurológicos e musculares, tornando crucial a ida ao dentista.

Cristina explicou que, além da avaliação bucal e do reforço das orientações sobre saúde bucal, a equipe realizou a aplicação de toxina botulínica em pacientes com salivação excessiva e trouxe um scanner que consegue copiar o formato da arcada dentária do paciente sem precisar introduzir instrumentos na boca, proporcionando maior conforto ao público.

A partir dessa moldagem, aparelhos ortodônticos serão confeccionados para as crianças e instalados em janeiro de 2024 pela equipe da Unip. O tratamento odontológico dos pequenos usuários continuará sendo realizado pelos profissionais do Centro de Especialidades Odontológicas do PAM e das Unidades de Referência da capital.

Essa parceria mostra a importância da colaboração entre instituições para garantir um atendimento de qualidade e cuidados específicos para crianças com microcefalia. Isso demonstra a preocupação em oferecer um tratamento completo e adequado a esse público, visando sempre o bem-estar e a saúde dessas crianças tão especiais. Através dessas ações conjuntas, é possível proporcionar maior qualidade de vida e garantir um futuro mais saudável para essas crianças e suas famílias.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo