Ouvidora-geral do RN visita Secretaria de Segurança Pública de Alagoas para conhecer projetos de combate à violência.


A Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP) recebeu, na manhã desta sexta-feira (2), a ouvidora-geral da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) do Rio Grande do Norte (RN), Julimar Gonçalves. A visita técnica teve como objetivo conhecer os projetos desenvolvidos pela pasta no combate e prevenção da violência.

Durante a visita, a ouvidora esteve reunida com a equipe da Chefia de Articulação e Prevenção da Violência e o próprio secretário de Segurança Pública, Flávio Saraiva. Na ocasião, foram apresentadas as ações desenvolvidas nas Bases de Polícia Comunitária (BCS) em conjunto com os Conselhos de Integração comunitários (CIC).

Os projetos e ações apresentados durante a visita, como Na Base do Sossego, Pessoa Idosa Protegida, SSP nas Escolas, Conselhos de Integração Comunitários, dentre outros, chamaram a atenção da ouvidora-geral do RN, que manifestou interesse em utilizar essas iniciativas como objeto de estudo e análise para futuros projetos em seu estado.

O Secretário Flávio Saraiva enfatizou a importância do intercâmbio de experiências entre os estados e colocou as Bases Comunitárias e os CICs à disposição para visitas e acompanhamentos in loco, a fim de proporcionar uma compreensão real do que ocorre nos territórios atendidos pela filosofia de Polícia Comunitária.

“Nós temos conquistado bons resultados com esses programas, o interesse de outros estados é prova disso. O trabalho desenvolvido pela Polícia Comunitária apresenta uma outra visão da sociedade sobre a polícia. Por isso, esse olhar de fora é importante, tanto pelo reconhecimento de que estamos no caminho certo, como para termos uma visão mais ampla de onde e como melhorar ainda mais”, afirmou o secretário.

A visita de Julimar Gonçalves à Secretaria de Segurança Pública de Alagoas evidenciou o reconhecimento da eficácia dos projetos desenvolvidos no combate e prevenção da violência, além de fomentar o intercâmbio de conhecimentos e práticas entre os estados. Essa colaboração entre as pastas de segurança pública reforça a importância da troca de experiências para o aprimoramento das políticas de segurança em todo o país.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo