O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está no Rio Grande do Sul, realizando sua terceira visita ao estado desde o início da tragédia das enchentes, que já causou 149 mortes. Com 446 municípios a

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está no Rio Grande do Sul, realizando sua terceira visita ao estado desde o início da tragédia das enchentes, que já causou 149 mortes. Com 446 municípios afetados dos 497 totais, a situação é grave. Ao desembarcar na Base Aérea de Canoas (RS), Lula, acompanhado por ministros e pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, anunciou medidas de auxílio, prometendo casas para aqueles que perderam suas residências.

Em São Leopoldo (RS), o presidente visitou um abrigo da cidade para encontrar e reconfortar as vítimas das enchentes. Em seguida, ele se reuniu com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), para discutir estratégias de recuperação e apoio às áreas afetadas. Lula demonstrou preocupação e comprometimento com a reconstrução e o amparo às comunidades atingidas pela tragédia.

A presença de Lula no estado sinaliza a importância do suporte federal diante da magnitude da catástrofe. Sua promessa de fornecer moradias para os desabrigados e seu engajamento em visitar abrigos e discutir soluções com autoridades locais demonstram um esforço conjunto para enfrentar os desafios e ajudar a população a se recuperar desses eventos devastadores.

 

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo