Nível do rio São Miguel ultrapassa cota de atenção devido às fortes chuvas em Alagoas, alerta Semarh


A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (Semarh) emitiu um aviso preocupante na tarde deste sábado, dia 08, alertando para a situação do rio São Miguel, que ultrapassou a cota de atenção devido às fortes chuvas que assolam a região desde a noite de sexta-feira.

Com um registro de 347 cm às 9h30 de ontem, em São Miguel dos Campos, o rio já se encontra acima da cota de atenção estabelecida em 300 cm. E a cota de transbordamento na região é de 360 cm, aumentando a preocupação das autoridades locais.

“A tendência é de elevação de sua cota, podendo chegar à cota de transbordo nas próximas horas nos municípios de São Miguel dos Campos e Roteiro”, informou a Semarh em comunicado oficial.

Além do rio São Miguel, outros cursos d’água como Jacuípe, Mundaú e Paraíba também estão recebendo grande volume de água das chuvas, aumentando suas vazões. Até o momento, esses rios não atingiram as cotas de atenção ou alerta, não apresentando risco iminente de transbordamento.

No entanto, a atenção também se volta para os rios litorâneos menores, como o Jacarecica, que merecem cuidado especial devido ao risco de transbordamento.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) renovou o alerta de chuvas intensas para parte de Alagoas, válido até a segunda-feira, dia 10. Segundo o órgão, os municípios podem esperar precipitações entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, além de ventos fortes de 40 a 60 km/h.

Com o risco de incidentes como corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas, a população local deve ficar atenta e seguir as orientações das autoridades para garantir a segurança de todos diante das condições climáticas adversas.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo