MUNICIPIOS – Vigilância Sanitária de Traipu promove oficina de boas práticas na manipulação de alimentos para comerciantes e manipuladores locais.


A Vigilância Sanitária de Traipu promoveu uma importante oficina na última segunda-feira (6) com o objetivo de instruir comerciantes e trabalhadores do setor alimentício sobre as “Boas Práticas na Manipulação de Alimentos em Serviço de Alimentação”. Com o apoio da Prefeitura Municipal de Traipu e da Secretaria Municipal de Saúde, a capacitação foi realizada no auditório da Casa da Cultura e contou com a presença da médica nutricionista Liliane Cristina como palestrante.

O intuito da oficina foi proporcionar aos participantes conhecimentos técnicos essenciais para a manipulação segura de alimentos, visando a melhoria da qualidade e segurança alimentar dos produtos. O prefeito de Traipu, Lucas Santos, ressaltou a importância da capacitação para garantir a eliminação e prevenção de riscos à saúde dos consumidores, além de manter o controle microbiológico dos alimentos. Para ele, a iniciativa beneficiará não apenas os comerciantes, mas também os fabricantes e consumidores locais.

Com a presença de dezenas de profissionais do setor alimentício, a oficina contou também com a participação do assessor jurídico Sidney Roberto. Ao longo do evento, os participantes puderam absorver conhecimentos fundamentais para aplicar em suas atividades diárias, visando aprimorar a segurança e a qualidade dos produtos comercializados. Ao final, todos os presentes receberam certificados de participação.

Segundo a Vigilância Sanitária de Traipu, iniciativas como esta são essenciais para garantir a saúde e bem-estar dos consumidores, além de promover a qualificação e capacitação dos profissionais do setor alimentício. A oficina representa um importante passo na busca por práticas mais seguras e eficientes na manipulação de alimentos, contribuindo para a promoção da saúde pública e o desenvolvimento da região.

A realização da oficina reforça o compromisso da Vigilância Sanitária em proporcionar ferramentas e conhecimentos essenciais para os comerciantes locais, a fim de que possam atuar de forma responsável e segura, garantindo a satisfação e segurança dos consumidores. A participação ativa dos profissionais do setor alimentício demonstra o engajamento da comunidade em busca de práticas mais adequadas e seguras, e a expectativa é que iniciativas como esta sejam continuamente realizadas para promover a melhoria contínua na manipulação de alimentos em Traipu.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo