MUNICIPIOS – Prefeitura de Branquinha libera pagamento de recursos da Lei Paulo Gustavo para artistas locais e fazedores de cultura.


A Prefeitura de Branquinha anunciou na tarde desta terça-feira (19) o pagamento dos recursos da Lei Paulo Gustavo, destinados a ações emergenciais no setor da cultura, prejudicado pela pandemia de covid-19. O prefeito Neno Freitas e o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Jefferson Tenório, comunicaram a medida por meio das redes sociais, destacando a importância e o pioneirismo do município nessa ação.

Segundo Jefferson Tenório, a cidade se destaca como uma das primeiras a liberar a verba para 30 projetos, beneficiando artistas locais e fazedores de cultura de Branquinha. Ele ressaltou a organização e celeridade nos processos para garantir o repasse dos recursos, que totalizam mais de 118 mil reais. O prefeito Neno Freitas enfatizou a importância desse compromisso da gestão em apoiar e reconhecer os profissionais da cultura local, fortalecendo a produção cultural no município.

A Lei Paulo Gustavo foi criada com o objetivo de incentivar e reaquecer o setor cultural, duramente afetado pela pandemia. Os recursos destinados pela lei visam proporcionar o retorno da produção cultural, beneficiando artistas, produtores e organizadores culturais em todo o país. Com a prorrogação do prazo de execução dos recursos até o final de 2024, a Lei busca garantir o fortalecimento da área cultural e o apoio aos profissionais que enfrentam dificuldades devido à pandemia.

A iniciativa da Prefeitura de Branquinha de liberar os recursos da Lei Paulo Gustavo representa um passo importante para o fortalecimento da cultura local e o apoio aos artistas da região. Com a liberação desses recursos, há a expectativa de que a produção cultural no município seja reativada, beneficiando toda a comunidade artística. A ação demonstra o comprometimento da gestão municipal em promover e incentivar a cultura, mesmo em tempos desafiadores como os atuais.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo