MUNICIPIOS – Branquinha se destaca no ranking de alfabetização do MEC e alcança a 9ª posição em Alagoas com 76,4% das crianças alfabetizadas


Na última terça-feira, dia 28 de junho, o Ministério da Educação e Cultura (MEC) divulgou um ranking importante que avalia a alfabetização dos alunos até o final do 2º ano do ensino fundamental, além da recuperação das aprendizagens das crianças dos 3º, 4º e 5º anos que foram afetadas pela pandemia. Segundo o indicador apresentado, Branquinha obteve um ótimo desempenho, com 76,4% das crianças sendo alfabetizadas na idade correta em 2023 e, como resultado, o município conquistou a 9ª posição no estado de Alagoas.

Para o prefeito Neno Freitas, esse resultado é motivo de orgulho e felicidade para toda a comunidade local. O trabalho de recomposição e os esforços para alfabetizar as crianças depois do impacto da pandemia têm gerado frutos positivos. Com investimentos em intervenções pedagógicas adequadas, melhoria da estrutura das escolas, aquisição de novos materiais e valorização dos profissionais da educação, Branquinha está acelerando o processo de desenvolvimento e se consolidando como referência dentro e fora do estado. Os avanços alcançados em pouco mais de três anos são visíveis e esse resultado positivo reforça a responsabilidade de manter a excelência no ensino para os estudantes locais.

O Compromisso Nacional Criança Alfabetizada é uma iniciativa que busca garantir que 100% das crianças do 2º ano do ensino fundamental saibam ler e escrever, em uma colaboração entre União, estados, Distrito Federal e municípios. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o índice de alfabetização foi calculado com base nos dados das avaliações realizadas pelos estados em 2023, com a participação de 85% dos alunos de escolas públicas no Brasil.

Esses resultados positivos demonstram o comprometimento e o esforço de Branquinha em proporcionar uma educação de qualidade e garantir um futuro promissor para suas crianças no contexto educacional atual.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo