Ministro Wellington Dias detalha inclusão de 2,15 milhões de famílias no Bolsa Família no programa “Bom dia, Ministro”.


O ministro Wellington Dias, que ocupa o cargo de Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, será o convidado do programa “Bom dia, Ministro” desta quarta-feira, dia 20 de setembro. Durante a entrevista, o ministro irá se reunir com radialistas de todo o país para discutir a inclusão de 2,15 milhões de famílias no programa Bolsa Família desde março deste ano.

O mês de setembro marcou um marco importante para o programa, com o governo federal concedendo 550 mil novos benefícios. Além disso, Dias irá explicar as razões por trás do pagamento unificado do Bolsa Família para as mais de 159 mil famílias que foram afetadas pelas fortes chuvas no Rio Grande do Sul. O benefício foi disponibilizado antecipadamente para todas as famílias gaúchas no dia 18 de setembro.

Outro tema que será abordado durante a entrevista é o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que foi implementado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) em conjunto com o Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA). O PAA tem como objetivo priorizar a compra de alimentos produzidos por famílias que estão inscritas no Cadastro Único. Com a retomada do programa, o limite individual de comercialização aumentou para R$ 15 mil.

Durante a entrevista, Dias também não deixará de mencionar o programa Brasil Sem Fome, que foi lançado pelo presidente Lula no final de agosto. Este programa tem como objetivo articular 80 ações e programas de 24 ministérios diferentes que fazem parte da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), que foi recriada em 2023. O programa propõe 100 metas a partir de três eixos principais: acesso à renda, redução da pobreza e promoção da cidadania; segurança alimentar e nutricional; e mobilização para o combate à fome.

O programa “Bom dia, Ministro” é transmitido ao vivo pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC) das 8h às 9h. Ele pode ser acompanhado pela televisão, tanto aberta quanto via satélite, assim como pela internet por meio do YouTube, Facebook, TikTok e Instagram do CanalGov. Para as rádios, a transmissão é oferecida pela Rede Nacional de Rádio (RNR), pelo mesmo canal do programa “A Voz do Brasil”. O programa é uma produção da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República, em parceria com a EBC.

Os comunicadores e jornalistas interessados em participar do programa podem enviar uma mensagem para o número de telefone (61) 99222.1282 (WhatsApp), informando o nome da rádio, cidade e estado de origem, para serem incluídos na lista de veículos interessados em participar do programa.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo