MACEIÓ – Segunda parcela do IPTU 2024 vence hoje para contribuintes que optaram pelo pagamento a prazo, sem desconto. Confira no site da Sefaz Maceió.


Hoje (30) é o prazo final para o pagamento da segunda parcela do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2024 para os contribuintes que optaram por realizar o pagamento de forma parcelada, sem desconto. Os boletos estão disponíveis no site de serviços da Secretaria Municipal de Fazenda (Sefaz) em online.maceio.al.gov.br/n/iptu2024.

Os cidadãos têm a possibilidade de pagar o IPTU através de Pix, boleto digital e também pelo código copia e cola em aplicativos bancários. Para acessar a guia, é necessário informar o número de inscrição imobiliária, que pode ser encontrado em carnês antigos, ou o CPF do titular e o CEP do imóvel. Além disso, é válido ressaltar que há a opção de regularizar o IPTU por meio do boleto físico distribuído pela Prefeitura de Maceió, o qual contém todas as parcelas referentes a 2024.

Visando proporcionar maior comodidade aos contribuintes, a Prefeitura disponibiliza o atendimento virtual da Sefaz Maceió. Através da Roberta, atendente virtual disponível em online.maceio.al.gov.br, o boleto pode ser emitido de maneira rápida e segura, proporcionando mais conforto ao cidadão e reduzindo a necessidade de enfrentar filas ou se deslocar até um posto de atendimento.

Para aqueles que preferem o atendimento presencial, a guia do IPTU pode ser impressa no setor de autoatendimento da Secretaria Municipal de Fazenda, localizado na Rua Pedro Monteiro, 47, Centro, próximo à Praça dos Palmares, com funcionamento das 8h às 16h.

O IPTU é um tributo anual fundamental para viabilizar as políticas públicas, tais como obras, reformas, compras de equipamentos e outras ações que contribuem para o desenvolvimento dos municípios e o bem-estar da população. Porém, é importante salientar que os imóveis em situação de inadimplência com o IPTU podem ser inscritos em dívida ativa, acarretando em cobranças judiciais, penhora de valores em conta corrente, leilão do imóvel, além de juros e multas por atraso.

Assim, é essencial que os contribuintes fiquem atentos aos prazos e regularizem sua situação para evitar transtornos futuros. Para mais informações, acesse o site da SEFAZ ou entre em contato através dos canais de atendimento disponibilizados.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo