MACEIÓ – Resort em Maceió é notificado por despejar esgoto irregularmente no Rio Meirim, e Estação de Tratamento de Esgoto é tamponada.


Na tarde dessa quinta-feira, 23, agentes de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) agiram rapidamente após receberem denúncias dos moradores do bairro de Ipioca. De acordo com as informações recebidas, um resort local foi flagrado descartando irregularmente esgoto no Rio Meirim, o que configura uma infração ambiental grave.

Ao averiguarem a denúncia, os fiscais constataram o despejo de esgoto no rio, o que vai de encontro à Lei Municipal Nº 4.548/96, que proíbe expressamente o lançamento de esgoto não tratado na natureza. Em resposta, a equipe da Semurb e da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) tamponaram a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do resort e concederam à empresa um prazo de cinco dias para apresentar sua defesa junto à Semurb.

O secretário da pasta, Marcos Cavalcanti, enfatizou a importância da rápida atuação dos fiscais para frear a continuidade desse crime ambiental. Para ele, a agilidade dos técnicos da Semurb foi fundamental para reduzir os danos e o impacto negativo causado pelo resort ao ecossistema do rio Meirim. “Todos os moradores da região e nós também ficamos indignados com a falta de cuidado com o bem natural da nossa cidade, ainda mais se tratando de um empreendimento que se utiliza das belezas naturais de Maceió”, afirmou o secretário.

A população também foi incentivada a denunciar infrações ambientais, podendo entrar em contato por meio do número (82) 3312-5242 ou enviar um e-mail para coord.fiscalizacaoambiental@sedet.maceio.al.gov.br. A colaboração da sociedade desempenha um papel fundamental na preservação do meio ambiente.

A infração cometida pelo resort no bairro de Ipioca serve como um alerta para a importância da fiscalização e do cumprimento das leis ambientais. Espera-se que a empresa apresente sua defesa dentro do prazo estabelecido e tome as medidas necessárias para corrigir o problema, visando a preservação do meio ambiente e a minimização dos impactos causados por suas atividades.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo