MACEIÓ – Projeto Tecendo Redes em Alagoas promove conexão entre gerações e resgata tradição do bordado filé na escola municipal.


No bairro Pontal da Barra, em Maceió, Alagoas, a Escola Municipal Silvestre Péricles é palco de um projeto inovador que resgata e preserva uma antiga técnica artesanal: o bordado do filé. Esta técnica singular, que remete a uma rede de pesca, demanda habilidades manuais refinadas e está sendo desenvolvida com maestria pelos alunos dos 6º ao 9º anos do Ensino Fundamental, no âmbito do projeto Tecendo Redes.

Criado em 2018, o Tecendo Redes surgiu inicialmente como Pontal Empreende e, ao longo do tempo, evoluiu para Tecendo Redes e Saberes, Conectando Escola e Comunidade. Atualmente em sua terceira edição, o projeto tem como mote a “Sala Maker da Criatividade e Empreendedorismo”, e busca resgatar e promover o patrimônio cultural do bordado do filé, incentivando a produção artesanal das redes e gerando renda para a comunidade local.

Uma parceria fundamental para o sucesso do projeto é a Associação dos Artesãos do Pontal da Barra, que fornece materiais e oficineiros para a realização das atividades na escola. O idealizador do projeto, o professor Dilson Costa, destaca a importância de manter viva a tradição do filé, patrimônio imaterial e cultural de Alagoas. Segundo ele, a proposta vai além de ensinar a técnica do bordado, visa também estimular e cultivar a cultura local, envolvendo alunos, professores e a comunidade.

As oficinas, que acontecem às terças e quartas-feiras, estão tendo total apoio dos alunos. Um dos destaques é Pedro Henrique, aluno do 8º ano, que já produziu duas redes com a ajuda de sua avó, Maria Aparecida dos Santos, conhecida como Cianinha na região. Pedro se mostra entusiasmado em aprender e compartilhar seus conhecimentos com os colegas, revelando que a participação no projeto está sendo uma valiosa experiência de aprendizado.

Outra aluna que tem se destacado é Anna Maria da Silva, estudante do 7º ano, que demonstra grande empolgação em aprender e concluir a fabricação da rede. A conexão entre diferentes gerações é um dos pilares do projeto, e Dilson Costa destaca a importância do apoio familiar, exemplificado pela relação de Pedro com sua avó, no sucesso do aprendizado e na preservação da cultura do bordado do filé em Alagoas.

O Tecendo Redes reforça a relevância de resgatar tradições locais, incentivar a prática artesanal e promover a geração de renda na comunidade, revelando-se um exemplo inspirador de como a educação pode contribuir para o fortalecimento da identidade cultural de um povo.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo