MACEIÓ – Idosos da Casa do Pobre de Maceió têm experiência única com banho de mar graças ao projeto Praia Acessível da Semesp

A manhã desta terça-feira (14) foi marcada por um momento especial para os idosos assistidos pela Casa do Pobre de Maceió. Localizada no bairro Vergel do Lago, a instituição beneficente proporcionou aos seus residentes um banho de mar na praia de Pajuçara, graças ao projeto Praia Acessível, coordenado pela Secretaria Municipal de Esportes (Semesp).

A atividade ocorreu nas imediações da Praça Gerônimo Siqueira e promoveu um banho de mar assistido para diversos idosos da instituição. Com o auxílio de cadeiras anfíbias, os participantes puderam desfrutar da experiência de estar na água e na areia, proporcionando assim um momento de lazer e diversão.

A responsável técnica pela Casa do Pobre de Maceió, Caroline Castello Branco, ressaltou a importância dessa iniciativa, destacando que os idosos merecem desfrutar de momentos como esse, mesmo com as limitações da idade. Ela agradeceu à Semesp por proporcionar essa oportunidade e expressou o desejo de que a ação se repita mais vezes.

O secretário de Esporte de Maceió, Francisco Carlos do Nascimento, mais conhecido como Chicão, enalteceu o projeto Praia Acessível, destacando que ele visa garantir que pessoas com deficiência possam se divertir com segurança na capital alagoana. Ele ressaltou a importância dos equipamentos e da equipe preparada para promover lazer e diversão para aqueles que mais necessitam.

A Casa do Pobre de Maceió, que existe desde 1932, é uma das instituições mais antigas destinadas ao acolhimento de idosos em situação de vulnerabilidade social no estado. Atualmente, a instituição atende 39 residentes, sendo 23 mulheres e 16 homens.

O serviço Praia Acessível, oferecido pela Prefeitura de Maceió na Praça Gerônimo Siqueira, na orla de Pajuçara, está disponível para turistas e moradores de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h. Aos finais de semana e feriados, é necessário agendar o empréstimo dos equipamentos com no mínimo 48 horas de antecedência.

Em resumo, a ação realizada nesta terça-feira mostrou não apenas a importância do projeto Praia Acessível, mas também a dedicação em proporcionar momentos de alegria e integração para os idosos atendidos pela Casa do Pobre de Maceió. A iniciativa demonstra o compromisso em promover inclusão e bem-estar para todos os cidadãos, independentemente de suas limitações.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo