MACEIÓ – Formação de Merendeiros da rede municipal de ensino de Maceió busca aperfeiçoar boas práticas no ambiente escolar em parceria com o Senac-AL.


No dia 25 de setembro, teve início a Formação de Merendeiros da rede municipal de ensino de Maceió. O objetivo desse curso é aperfeiçoar as boas práticas no preparo dos alimentos no ambiente escolar. Pela primeira vez, a iniciativa é oferecida em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial em Alagoas (Senac-AL).

Ao longo de duas semanas, mais de 400 merendeiros efetivos do município serão beneficiados com o curso, que vai até o dia 06 de outubro. No primeiro dia, a secretária municipal de Educação, Jó Pereira, marcou presença na formação, ao lado da superintendente municipal de Governança e Gestão Interna da Semed, Marcelle Telles, e da Analista de Gastronomia e Turismo do Senac-AL, Sandra Lyra.

Durante a abertura do curso, Jó Pereira agradeceu a parceria com o Senac e ressaltou a importância dos merendeiros nas escolas públicas da capital. Segundo ela, o trabalho desses profissionais vai além de preparar e servir alimentos, é um trabalho de acolhimento, nutrição e educação saudável para milhares de estudantes da rede pública de Maceió. A secretária também destacou a busca por parcerias que possam oferecer uma qualidade melhor aos alimentos.

Além disso, Jó Pereira garantiu que as unidades escolares em breve receberão um reforço de produtos da agricultura familiar e de gêneros alimentícios. Essas ações, segundo a gestora, contribuirão para melhorar o dia a dia e a aprendizagem dos alunos nas escolas da cidade.

Ao final do curso, os merendeiros receberão um certificado emitido pelo Senac-AL, que é reconhecido nacionalmente. A nutricionista da rede e coordenadora de Alimentação e Nutrição Escolar da Semed, Ana Denise Gouvêa, explicou que os merendeiros terão formação sobre boas práticas, essenciais para o programa de alimentação escolar.

A Analista de Gastronomia e Turismo do Senac-AL, Sandra Lyra, destacou que é uma satisfação receber os merendeiros da rede pública de Maceió para esse aperfeiçoamento. Segundo ela, o curso foi preparado de acordo com as necessidades desses profissionais, visando a melhoria constante no preparo dos alimentos e garantindo uma alimentação saudável e variada para os alunos.

No evento de abertura do curso, Jó Pereira reforçou a importância da parceria com o Senac-AL. A formação conta com nove turmas e carga horária de 8 horas, e a expectativa é de que os merendeiros se aprimorem cada vez mais, buscando sempre a qualidade na alimentação dos alunos da rede municipal de ensino de Maceió.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo