MACEIÓ – Faltam três dias para encerrar o prazo do desconto de 10% na cota única do IPTU de Maceió em 2024.


Os maceioenses têm até o dia 28 de março para garantir o desconto de 10% na cota única do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2024. Esta é uma oportunidade oferecida pela Prefeitura de Maceió para que os contribuintes possam regularizar o imposto de seus imóveis de forma mais vantajosa.

A terceira cota única deste ano teve o desconto de 5% dobrado para 10%, o que representa uma economia significativa para quem optar por quitar o IPTU à vista. Além disso, a primeira parcela do imposto vence também no dia 28 de março, para aqueles que preferem realizar o pagamento de forma parcelada.

Para facilitar o processo de pagamento, a guia do IPTU pode ser emitida pela internet, no site online.maceio.al.gov.br/n/iptu2024, informando o número de inscrição imobiliária ou o CPF do titular e o CEP do endereço. Essa opção online traz mais comodidade aos contribuintes, evitando filas e garantindo a segurança na transação.

Outra alternativa é solicitar o IPTU pela Roberta, atendimento virtual da Secretaria Municipal de Fazenda (Sefaz), disponível no site online.maceio.al.gov.br. A emissão é rápida e segura, proporcionando praticidade aos cidadãos. Além disso, os boletos impressos com o desconto de 10% foram enviados pela Sefaz para aqueles que ainda não quitaram o imposto.

O pagamento do IPTU pode ser realizado de diversas formas, como via Pix, código de barras, código copia e cola pelos aplicativos bancários e nas agências no modo impresso. O desconto oferecido pela Prefeitura de Maceió é um dos maiores do Nordeste, tanto em porcentagem quanto em prazo de vencimento, representando uma oportunidade única para os contribuintes.

É importante ressaltar que o IPTU é fundamental para o financiamento de políticas públicas, como obras, reformas e aquisição de equipamentos, que impactam diretamente no bem-estar da população. Por isso, manter o imposto em dia é essencial para evitar cobranças judiciais, penhoras e leilões do imóvel, além de juros e multas por atraso.

Para mais informações, os contribuintes podem acessar o site da Sefaz (Secretaria Municipal de Fazenda) e conferir os detalhes sobre o pagamento do IPTU. A regularização do imposto é fundamental para garantir a sustentabilidade financeira do município e a continuidade dos serviços públicos para a população.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo