MACEIÓ – Autarquia instala 100 lixeiras em avenidas para reduzir descarte irregular de resíduos na capital


A partir desta sexta-feira, a Autarquia Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Limpeza Urbana (Alurb) dá início a um projeto que visa melhorar a limpeza das ruas da capital. A instalação de 100 lixeiras do tipo papeleira em grandes avenidas da parte alta da cidade é o primeiro passo para reduzir o descarte inadequado de resíduos, como garrafas PET, papel e embalagens plásticas.

As lixeiras, que têm capacidade para 30 litros de resíduos, serão instaladas em locais estratégicos, como áreas próximas de praças e paradas de ônibus. As avenidas Tomás Espíndola, Moreira e Silva e Fernandes Lima foram as escolhidas para receber as primeiras unidades. Além disso, os agentes de limpeza da Alurb farão a coleta diária dos resíduos depositados nessas novas lixeiras.

De acordo com Moacir Teófilo, diretor-presidente da Alurb, as lixeiras são equipamentos essenciais para a limpeza urbana e a responsabilidade pela manutenção da cidade deve ser compartilhada entre o poder público e os cidadãos. No entanto, ele ressalta que a depredação dessas lixeiras por parte de alguns cidadãos acaba gerando custos extras para a Prefeitura.

No ano passado, mais de 30 lixeiras foram vandalizadas, o que resultou em um gasto adicional de aproximadamente R$ 25 mil para recuperá-las. Para evitar esse tipo de vandalismo, a população pode denunciar os responsáveis pelos atos de depredação, contribuindo para a preservação dos equipamentos públicos.

Caso flagrem alguém danificando as lixeiras, os cidadãos podem fazer a denúncia através do número 153 da Guarda Municipal ou, se necessário, entrar em contato imediatamente com a Polícia Militar pelo número 190. Segundo Teófilo, é importante que todos se envolvam na conservação desses equipamentos, que têm a finalidade de melhorar a limpeza da cidade e proporcionar um ambiente mais agradável para todos.

Com a instalação dessas novas lixeiras e a colaboração da população, a Alurb espera manter a cidade limpa e conscientizar os cidadãos sobre a importância de preservar o patrimônio público. A iniciativa é um passo importante para promover a sustentabilidade e a limpeza urbana, tornando a capital um lugar mais agradável para se viver.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo