MACEIÓ – Agentes de endemias da Saúde de Maceió realizam ação de fiscalização no estádio Rei Pelé contra o Aedes aegypti.

Agentes de endemias da Secretaria de Saúde de Maceió realizaram nesta terça-feira uma importante ação de fiscalização no estádio Rei Pelé, localizado no Trapiche da Barra. A ação, que faz parte do calendário de rotina do órgão, visa identificar e eliminar possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, além de orientar a população sobre medidas de prevenção contra as doenças transmitidas pelo vetor.

Durante a fiscalização, os profissionais percorreram minuciosamente todo o estádio, inspecionando áreas como a externa, fossos, caixas d’água, cisternas e outros ambientes que podem servir como criadouro para as larvas do mosquito. Edilson Anastacio, supervisor das ações da dengue do II Distrito Sanitário, destacou a importância do monitoramento do estádio a cada 15 dias, visando identificar possíveis riscos para a população e eliminar os criadouros.

Além disso, Anastacio ressaltou a importância da conscientização da população, enfatizando que é fundamental que cada cidadão faça a sua parte, evitando descartar lixo em locais inadequados, o que pode aumentar o risco de proliferação do mosquito transmissor da dengue. A colaboração da população é essencial para o sucesso das ações de prevenção.

Os agentes de endemias do II Distrito Sanitário também realizam vistorias em outras regiões, como Prado, Pontal, Trapiche e Vergel, realizando visitas domiciliares e orientando os moradores sobre a importância da prevenção contra o mosquito. Além disso, atuam em pontos estratégicos como borracharias, oficinas e cemitérios, locais propensos ao acúmulo de água parada.

A população pode contribuir denunciando imóveis suspeitos de abrigar focos do mosquito através do Disk Dengue, um serviço de atendimento disponibilizado para esse fim. Os agentes de saúde realizam inspeções nestes locais denunciados, identificando e eliminando possíveis criadouros.

Dessa forma, ações como a realizada no estádio Rei Pelé demonstram o compromisso da Secretaria de Saúde de Maceió em combater o mosquito Aedes aegypti e prevenir a propagação de doenças como a dengue. A colaboração de todos é fundamental para manter a cidade livre dessas ameaças à saúde pública.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo