MACEIÓ – Ações da Prefeitura impulsionam turismo em Maceió e geram empregos, afirma presidente da Abrasel-AL.

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Alagoas (Abrasel – AL), Marcos Batalha, afirmou que as ações da Prefeitura de Maceió para promover o destino turístico da cidade têm impactado diretamente na geração de empregos. Segundo ele, o aumento de visitantes que escolhem a capital alagoana como opção para suas férias e momentos de lazer tem contribuído significativamente para a criação de postos de trabalho, especialmente no setor de bares e restaurantes.

De acordo com Batalha, o setor de bares e restaurantes é um dos que mais emprega no turismo, gerando oportunidades de trabalho desde o pessoal do atendimento até a equipe da cozinha. A entidade comemora os números positivos e destaca que os empregos gerados nos estabelecimentos gastronômicos têm impacto direto na diminuição da taxa de desemprego na cidade. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego em Maceió é de 8,4%, o menor índice dos últimos 12 anos.

A Prefeitura tem investido em infraestrutura na cidade, divulgado o destino Maceió e trabalhado na captação de novos voos como parte de suas estratégias para impulsionar o turismo local. Segundo a entidade, as ações têm gerado resultados positivos, não apenas na alta temporada, mas também durante os períodos de menor movimento. Ainda segundo o presidente da Abrasel-AL, mesmo na baixa temporada, os estabelecimentos mantêm os colaboradores contratados durante a alta estação, devido ao bom fluxo de clientes nos bares e restaurantes.

Os números comprovam a relevância do turismo para a economia local e a geração de empregos em Maceió. Aliado aos investimentos da Prefeitura, o setor de bares e restaurantes tem se destacado como um dos principais motores do mercado de trabalho na cidade. Diante desse cenário, a expectativa é de que a parceria entre o setor público e privado continue a impulsionar o turismo e a geração de empregos na região.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo