MACEIÓ – 1º Ciclo de Inovação Aberta de Maceió premia projetos inovadores com R$ 200 mil para solucionar desafios municipais.


O 1° Ciclo de Inovação Aberta de Maceió foi concluído com sucesso no dia 8 de abril, trazendo consigo não apenas o reconhecimento de ideias inovadoras, mas também um prêmio de R$ 200 mil para os projetos vencedores. Durante o processo de seleção, uma equipe de especialistas analisou e aprovou seis propostas que abordavam quatro desafios enfrentados pela cidade de Maceió, nas áreas de saúde, trabalho, ordenamento urbano e fiscalização territorial.

Essa iniciativa, liderada pela Secretaria Municipal de Estratégias Disruptivas, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedciti), teve como principal objetivo gerar soluções criativas e eficazes para melhorar a qualidade de vida dos moradores da capital alagoana. Ao longo de seis meses, os participantes puderam desenvolver suas ideias em colaboração com especialistas da Sedciti, do Senai Alagoas, do Instituto do Planejamento Urbano de Maceió (Iplan), de outras secretarias municipais e do Instituto Federal de Alagoas (Ifal).

As premiações concedidas aos projetos vencedores foram viabilizadas graças a uma parceria estabelecida com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), por meio do apoio do senador Rodrigo Cunha. Seguindo as diretrizes do Marco Legal das Startups, de autoria do prefeito JHC, a iniciativa demonstra o compromisso da gestão municipal em incentivar a inovação e a criatividade no setor público.

Entre os projetos vencedores, destacam-se iniciativas como o FarmOn e o FarMassa, que visam aprimorar a gestão da distribuição de medicamentos pela Prefeitura de Maceió, garantindo maior disponibilidade e controle adequado. Outras propostas, como o Barramento, o GeoBot, o Rota e o Ambulante+, também se destacaram ao apresentar soluções inovadoras para os desafios propostos.

Em resumo, o 1° Ciclo de Inovação Aberta de Maceió foi um marco importante para a cidade, mostrando o potencial criativo e empreendedor de seus habitantes e estabelecendo um novo padrão de colaboração entre setor público, privado e acadêmico em prol do desenvolvimento sustentável e tecnológico da região. A expectativa agora é que os projetos vencedores sejam implementados com sucesso, gerando impacto positivo e transformações significativas na vida dos cidadãos maceioenses.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo