Lula passará o réveillon em base militar no Rio de Janeiro, após pronunciamento de Natal em cadeia nacional.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) escolheu a base naval da Restinga de Marambaia, no Rio de Janeiro, para passar o réveillon após celebrar o natal em Brasília. Através da Secom, foi divulgado que Lula viajará para o litoral fluminense na terça-feira, acompanhado pela primeira-dama, Janja da Silva, e retornará a Brasília no dia 3 de janeiro.

Durante o natal, o presidente passou tempo com sua família no Palácio da Alvorada e aproveitou a ocasião para fazer um pronunciamento em cadeia nacional de televisão e rádio. Em seu discurso, Lula abordou os desafios enfrentados devido aos atos antidemocráticos de 8 de janeiro e pediu por união e superação das desavenças políticas.

O presidente falou sobre os danos causados pelos atos, enfatizando as cicatrizes que o ódio contra a democracia deixou e como essa situação dividiu o país. Ele também mencionou a resposta solidária e pronta reação da sociedade, das instituições e dos partidos políticos, além de sua mobilização para combater fake news, desinformação e discursos de ódio.

O discurso de reconciliação nacional, que tem sido uma marca de seu terceiro mandato, foi reforçado por Lula, que ressaltou a importância de restaurar a paz e a união entre os brasileiros. Além disso, o presidente fez um balanço das ações sociais e econômicas de sua gestão, destacando o programa Desenrola, a retomada dos programas Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida, e a aprovação da Reforma Tributária no Congresso Nacional.

Lula também mencionou a redução do desmatamento na Amazônia, o posicionamento do Brasil na política internacional e expressou otimismo em relação à colheita generosa em 2024. Este foi o terceiro pronunciamento oficial do presidente em cadeia nacional durante este mandato, sendo os anteriores no Dia do Trabalho e no Dia da Independência do Brasil.

Em meio a um cenário político e social polarizado, as palavras de Lula podem ser vistas como um esforço para promover a reconciliação e reunir os brasileiros em torno de um objetivo comum: a construção de um país cada vez mais desenvolvido. A escolha da Restinga de Marambaia como destino para o réveillon, longe de Brasília, reflete uma busca por tranquilidade e refúgio em um momento conturbado da política nacional.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo