Lula e Paes encerram agendas no Rio com anúncio de terreno para instituto federal no Complexo do Alemão em clima descontraído


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encerrou suas atividades no Rio de Janeiro ao lado do prefeito Eduardo Paes no Complexo do Alemão, com um anúncio emocionante. Em um clima descontraído, Paes brincou com a primeira-dama Janja da Silva, enquanto ministros usavam bonés com a sigla CPX em referência ao local. O evento marcou a cessão de um terreno para a criação de um instituto federal, antes de Lula embarcar para Belo Horizonte.

Durante o evento, o prefeito fez piadas e brincadeiras, destacando que a primeira-dama estava constantemente sussurrando “Alemão, Alemão, Alemão” no ouvido do presidente. Além disso, Paes anunciou que tinha um prédio para doar ao governo federal. A presença da ministra Anielle Franco, conhecida por ser cotada como vice na chapa de Paes pelo PT, também contribuiu para um clima leve e animado.

Esta não foi a primeira vez que Lula visitou o Complexo do Alemão. Dois anos após seu último evento na região, durante a campanha de 2022, o ex-presidente retornou ao local para falar sobre a inauguração do instituto federal de ensino. O petista ressaltou a importância da educação na região e anunciou que a obra deverá ser entregue em 2025.

Ao longo do evento, ministros e aliados de Lula usaram bonés com a logo CPX, em uma clara tentativa de promover a região e desmistificar preconceitos associados a ela. Durante seu discurso, o presidente enfatizou a importância de priorizar a educação no Complexo do Alemão, ressaltando que este era um dia dedicado à educação na região.

O evento foi marcado por um clima descontraído e amistoso entre Lula, Paes, Janja e ministros, que reforçaram a importância de investimentos educacionais na região, ressaltando a necessidade de promover o desenvolvimento e a inclusão social no Complexo do Alemão.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo