JUSTIÇA – Policiais federais realizam operação contra participação de deputada fluminense e assessora em milícia na zona oeste do Rio de Janeiro.

Policiais Federais deflagraram nesta segunda-feira (18) a Operação Batismo, com o objetivo de investigar a suposta participação da deputada estadual fluminense Lucinha (PSD) e de sua assessora em uma milícia que atua na zona oeste do Rio de Janeiro. Em conjunto com o Ministério Público do Rio, a operação cumpre oito mandados de busca e apreensão nos bairros de Campo Grande, Santa Cruz e Inhoaíba, além do gabinete da parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado (Alerj).

Como parte das medidas cautelares, a Justiça determinou o afastamento imediato da deputada de suas funções políticas, bem como proibiu sua entrada no prédio da Alerj, localizado no centro da cidade. As investigações realizadas pela Polícia Federal apontam que a deputada e sua assessora estariam envolvidas na articulação política em benefício dos milicianos em órgãos públicos. A milícia em questão é alvo de investigações por organização criminosa, tráfico de armas, homicídios, extorsão e corrupção.

Até o momento, a Agência Brasil tem buscado entrar em contato com a assessoria da deputada Lucinha (PSD) para obter posicionamentos e esclarecimentos sobre o caso.

Importante ressaltar que a matéria foi alterada às 8h17 para acréscimo de informações que venham a atualizar o contexto da operação. Até o momento, não houve manifestação por parte da deputada ou de sua equipe, porém, a expectativa é de que nas próximas horas possamos obter mais informações sobre o desdobramento da investigação e os desdobramentos na carreira política da deputada Lucinha (PSD).

Diante desses acontecimentos, a população e a classe política aguardam por esclarecimentos acerca das acusações envolvendo a deputada e sua assessora, bem como possíveis desdobramentos no cenário político do Estado do Rio de Janeiro. A Operação Batismo, sem dúvida, terá desdobramentos significativos e impactantes para a política local.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo