Irmão de ex-governador condenado por lavagem de dinheiro consegue autorização judicial para viajar a trabalho para Miami


O empresário e irmão do ex-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, Marco Aurélio Garcia, conhecido como Lelo, conseguiu autorização judicial para viajar a trabalho para Miami, nos Estados Unidos, no fim deste mês. A viagem acontecerá entre os dias 24 de junho e 5 de julho e tem como objetivo participar de um evento que reúne startups, investidores, empresas e prestadores de serviços para soluções climáticas sustentáveis.

Lelo cumpre prestação de serviços à comunidade em Porto Feliz, interior de São Paulo, devido a sua condenação por lavagem de dinheiro no esquema conhecido como Máfia dos Fiscais, que desviou recursos da Prefeitura de São Paulo. A decisão favorável à viagem foi dada pelo juiz Diogo da Silva Castro, da 1ª Vara de Porto Feliz, após o Ministério Público não se opor.

O empresário já havia comprado as passagens de ida e volta antes da manifestação do MP e, consequentemente, da decisão judicial. Segundo seu advogado, Alexandre Imbriani, a compra antecipada ocorreu para se prevenir das oscilações de preço e também pela proximidade do evento que ele participará em Miami.

O processo contra Lelo teve início em 2015, e em 2017 ele foi condenado a 10 anos de prisão em regime fechado. No entanto, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) posteriormente reduziu a pena para 4 anos, o que permitiu que ele cumprisse medidas alternativas, como o trabalho comunitário.

A “Máfia dos Fiscais” atuou entre 2010 e 2013, desviando recursos da Prefeitura de São Paulo através de esquemas de corrupção envolvendo fiscais que facilitavam a liberação de obras mediante o pagamento de propinas. Lelo, de acordo com as investigações, atuou para ocultar bens juntamente com os fiscais envolvidos no esquema.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo