INTERNACIONAL – Corpo de brasileiro sequestrado pelo Hamas é recuperado e presidente Lula lamenta sua morte nas redes sociais.


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva demonstrou pesar pelas redes sociais diante da notícia da morte de Michel Nisembaum, um brasileiro de 59 anos vítima do grupo palestino Hamas. A tragédia se deu após o Exército israelense anunciar ter encontrado os corpos de três reféns sequestrados em outubro de 2023, incluindo o de Nisembaum.

Lula enfatizou o compromisso do governo brasileiro em continuar lutando pela libertação de todos os reféns mantidos pelo Hamas. O ex-presidente expressou sua tristeza pela perda de Nisembaum e transmitiu solidariedade aos familiares e amigos do brasileiro.

A vítima, que possuía dupla cidadania brasileira e israelense, residia em Israel e estava desaparecida desde outubro do ano anterior, quando foi feito refém durante um festival de música alvo de um ataque do Hamas.

O conflito entre Israel e Hamas ganhou destaque em outubro passado, quando o grupo palestino lançou ataques contra Israel, resultando em mortes e sequestros. Em retaliação, Israel bombardeou Gaza e impôs um cerco ao território, dificultando o acesso à ajuda humanitária.

Desde então, mais de 35 mil pessoas foram mortas e cerca de 80 mil ficaram feridas durante os sete meses de conflito. A guerra entre Israel e Hamas tem raízes históricas na disputa por territórios historicamente ocupados por diferentes povos, incluindo hebreus e filisteus, que influenciaram as identidades israelense e palestina.

O Brasil segue empenhado em buscar a paz na região e na libertação de todos os reféns, reforçando a necessidade de um cessar-fogo duradouro que proporcione segurança e estabilidade para os povos envolvidos.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo