Homem é preso por assassinar jovem após perder jogo de sinuca em Alagoas, em caso chocante de violência por vingança

Na tarde de hoje, a Polícia Civil de Alagoas prendeu um homem de 30 anos acusado de assassinar a tiros um jovem de 20 anos após ser derrotado em uma partida de sinuca. O crime ocorreu em dezembro de 2022 e chocou a população local.

A vítima, identificada como Pedro Henrique Amorim, não possuía ficha policial e estava jogando uma partida de sinuca com o assassino. Após vencer o jogo, Pedro comemorou de forma efusiva, o que provocou a ira do acusado. O assassino disparou dois tiros, fazendo com que Pedro tentasse fugir, mas acabou sendo atingido por mais tiros pelas costas. Segundo relatos da polícia, o assassino estava acompanhado de seu filho de apenas oito anos no momento do crime.

A prisão do acusado foi realizada em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça de Jundiaí, no interior de São Paulo. O homem foi preso no bairro Bom Sucesso, em Arapiraca, e resistiu à prisão, precisando ser contido. Durante a operação, ele foi atingido por um tiro no braço e foi encaminhado para a Unidade de Emergência do Agreste.

No local da prisão, os agentes da polícia conseguiram apreender a arma e as munições utilizadas no crime. Além disso, foi revelado que o acusado já havia sido denunciado por ameaça e agressão pela própria mãe em Alagoas.

O caso segue sendo investigado para esclarecer todos os detalhes e garantir a justiça para a família da vítima. A comunidade local está consternada com a violência do crime e espera por respostas sobre as circunstâncias que levaram a essa tragédia.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo