Golpe de leilão falso de smartphones dos Correios é investigado pela Polícia Federal em alerta aos consumidores.


No início do mês de outubro, diversas informações e propagandas sobre um suposto leilão promovido pelos Correios para a venda de smartphones, incluindo iPhones, começaram a circular nas redes sociais. Com valores a partir de R$ 117, o leilão teria despertado o interesse de muitos usuários. No entanto, de acordo com a empresa estatal, o leilão em questão é falso, configurando-se assim um golpe.

Diante dessa situação, os Correios acionaram a Polícia Federal (PF) para realizar uma investigação a respeito do uso indevido da marca da empresa. Através de uma nota, os Correios alertaram que não estão realizando nenhum leilão similar no momento e ressaltaram a importância de ficar atento a essa situação.

Embora não haja registros na região de Alagoas de pessoas que tenham caído nesse golpe, a polícia alerta para a necessidade de redobrar os cuidados com anúncios e sites que não sejam oficiais dos Correios. O delegado Sidney Tenório, responsável pela seção de crimes cibernéticos da Polícia Civil de Alagoas (PC/AL), destacou a estratégia utilizada nesse tipo de golpe e mencionou outros casos semelhantes que já ocorreram, como os golpes envolvendo o Detran e a Receita Federal.

Tenório enfatizou que esses órgãos possuem poder de apreensão e alegam que os produtos são apreendidos e não foram resgatados pelos proprietários, por isso estariam sendo vendidos a preços mais baixos. No entanto, ele ressaltou que um leilão é um processo sério, que requer cadastramento, apresentação de documentos e habilitação para participar de um leilão de um órgão público federal. Portanto, é necessário ficar alerta e desconfiar de ofertas que parecem ser muito fáceis ou simples demais.

Os Correios emitiram uma nota explicando que não estão realizando qualquer leilão de refugo no momento. A empresa lembrou que suas alienações são feitas mediante licitação, em lotes, e não por itens isolados. Dessa forma, todas as informações oficiais sobre leilões dos Correios são divulgadas apenas em sua página oficial.

Diante dessa situação, a empresa está tomando providências cabíveis em relação aos perfis nas redes sociais e à internet que estão utilizando de forma indevida a marca dos Correios em anúncios de leilões e vendas que não têm relação alguma com a empresa.

Portanto, é fundamental ficar atento a essas informações falsas que estão circulando nas redes sociais e desconfiar de ofertas muito atrativas. É importante utilizar apenas os canais oficiais dos Correios para obter informações sobre leilões e estar atento a possíveis tentativas de golpes.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo