Fiscalização nos estádios de futebol de Alagoas busca garantir segurança para torcedores durante competições em 2024.


O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL) iniciou o ano com uma atenção especial à segurança da sociedade em grandes arenas esportivas. Nesta semana, foi realizada uma força-tarefa nos estádios de futebol que sediarão jogos pelos campeonatos regionais e nacionais em 2024.

O objetivo da ação é evitar situações de risco ao público que comparece a esses eventos esportivos, realizando vistorias em diversos aspectos das instalações, como arquibancadas, camarotes, cabines de imprensa, saídas de emergência, entre outros. Além disso, a força-tarefa pode despertar a atenção de outros órgãos para fortalecer a fiscalização e obter resultados mais refinados.

A ação abrangeu não apenas o Estádio Rei Pelé, em Maceió, mas também outros locais, como os estádios Juca Sampaio, de Palmeira dos Índios; José Gomes da Costa, de Murici; Gerson Amaral, de Coruripe; Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca; e o estádio Alfredo Leahy, em Penedo, que sediará a partida de abertura do Campeonato Alagoano entre Penedense e CRB.

Durante as vistorias, o gerente de Fiscalização do Crea-AL, eng. civ. Igor Balbino, explicou que a proximidade do início das competições esportivas demanda uma verificação minuciosa nos estádios para garantir a segurança dos torcedores. Ele ressaltou a importância de verificar a presença de profissionais habilitados e a existência de laudos técnicos exigidos pelo Ministério do Esporte.

Essa operação atende às novas diretrizes estabelecidas pelo Ministério do Esporte, que exigem laudos técnicos para verificar as condições de segurança dos estádios utilizados em competições esportivas. Entre os documentos requeridos estão laudos de segurança, prevenção e combate a incêndios e pânico, engenharia, acessibilidade, conforto, condições sanitárias e de higiene, além de laudo de estabilidade estrutural.

O Crea-AL também esteve presente no Estádio Municipal Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios, onde solicitou informações sobre empresas e profissionais responsáveis pela manutenção e eventuais reformas do local.

Diante disso, as ações do Crea-AL buscam garantir o cumprimento de suas atividades e a defesa da sociedade, assegurando ambientes seguros para a prática esportiva e o entretenimento do público.

Além disso, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas destaca que qualquer cidadão pode fazer denúncias sobre possíveis irregularidades nos estádios, mantendo o sigilo garantido.

Portanto, a atuação do Crea-AL nas vistorias e fiscalizações dos estádios demonstra o compromisso com a segurança e o bem-estar da sociedade, visando assegurar condições adequadas para a realização de espetáculos esportivos.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo