Farmácia do Hospital Metropolitano de Alagoas se destaca por atendimento humanizado e acompanhamento farmacêutico personalizado aos pacientes internados.


Joselma Alves, uma paciente diabética e hipertensa, foi hospitalizada no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA) para investigar alguns sintomas que vem sentindo. Logo após a sua internação, ela foi prontamente atendida por uma farmacêutica, que se preocupou em saber sobre possíveis alergias a medicamentos e o uso de medicamentos controlados.

Esse é o procedimento padrão no HMA, onde cada paciente internado recebe uma visita individualizada e pessoal de um farmacêutico. A abordagem humanizada de toda a equipe multiprofissional do hospital tem se destacado, pois independente da área de atuação, os profissionais vão até o leito do paciente. No caso da assistência farmacêutica, essa prática contribui para o uso racional de medicamentos.

A coordenadora da Farmácia do HMA, Renatha Soares, explicou que o contato direto dos farmacêuticos com os pacientes acontece desde a admissão até a alta hospitalar. Durante a admissão é realizada uma entrevista e conciliação medicamentosa para garantir que todas as informações necessárias sobre o paciente sejam levantadas. Após esse levantamento, o médico é informado e realiza a prescrição adequada.

Na alta hospitalar, o farmacêutico orienta o paciente sobre o horário correto de tomar os medicamentos, possíveis interações medicamentosas, e informa onde adquirir determinados medicamentos na rede pública de saúde. Joselma Alves destacou o acolhimento e cuidado recebidos, ressaltando a importância da equipe multidisciplinar do hospital.

A atuação do farmacêutico no ambiente hospitalar é fundamental para prevenir erros relacionados a medicamentos e garantir que o paciente utilize a medicação correta na dosagem adequada. Amanda Paixão, gerente da assistência farmacêutica da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), enfatizou a importância do acolhimento humanizado nas unidades de saúde, especialmente para pacientes crônicos que necessitam de orientações precisas.

A gestão adequada dos medicamentos e a atenção aos pacientes têm sido prioridades na Sesau, buscando garantir um tratamento eficaz e seguro para todos os pacientes. A valorização do trabalho dos farmacêuticos e o cuidado dedicado a cada paciente são aspectos essenciais para promover a saúde e o bem-estar da população atendida nos hospitais de Alagoas.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo