Ex-ministro dos governos Lula e Dilma lança livro em Brasília com presença de Bolsonaro e general Villas Bôas


O ex-ministro dos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, Aldo Rebelo, lançou um livro em Brasília nesta quarta-feira, com a presença do ex-presidente Jair Bolsonaro e do ex-assessor especial do Gabinete de Segurança Institucional, general Villas Bôas. O evento marcou uma sessão de autógrafos para a obra “Amazônia, a maldição das Tordesilhas: 500 anos de cobiça internacional”.

Aldo Rebelo, que foi ex-aliado do PT, atualmente ocupa o cargo de secretário de Relações Internacionais na prefeitura de São Paulo, sob a gestão de Ricardo Nunes, que conta com o apoio de Bolsonaro para a reeleição nas eleições deste ano.

Durante o primeiro mandato do presidente Lula, Aldo Rebelo foi ministro-chefe da Secretaria de Coordenação Política e Assuntos Institucionais. Com a ascensão de Dilma ao poder, ele retornou ao governo federal, ocupando três diferentes pastas ao longo de seis anos – os Ministérios do Esporte, da Ciência e Tecnologia, e da Defesa.

Em uma entrevista recente ao GLOBO, Aldo Rebelo destacou os erros do terceiro mandato de Lula e afirmou que Bolsonaro é vítima de perseguição.

O ex-ministro declarou: “Não tenho dúvida nenhuma de que Bolsonaro sofre perseguição. São os mesmos protagonistas. Trabalharam para excluir o presidente Lula da política e agora tratam para excluir o Bolsonaro”.

O lançamento do livro de Aldo Rebelo em Brasília marcou mais um capítulo na trajetória política do ex-ministro, que transita entre diferentes governos e líderes partidários, deixando um legado marcado por suas passagens pelos altos escalões do poder.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo