Ex-jogador Pedrinho é eleito presidente do Vasco após tumultuada votação e causa polêmica com gesto aos torcedores.

Pedrinho, ex-jogador e ex-comentarista dos canais Globo, garantiu a presidência do Vasco na noite deste sábado, após vencer o advogado Leven Siano por 2.873 a 1.720 votos. Com 46 anos de idade, Pedrinho comandará o clube carioca entre 2024 e 2026, sucedendo o atual presidente, Jorge Salgado.

O processo eleitoral foi marcado por tumultos na sede social do Vasco ao longo do dia, com algumas confusões que preocuparam os presentes. Apesar disso, a votação também aconteceu de maneira online, com os sócios podendo votar por meio de um link. No entanto, houve discussões em relação ao envio de e-mails e SMS para os sócios, o que acabou atrasando o início da votação.

Além disso, a chapa “Somamos”, de Siano, solicitou a impugnação da mesa diretora da Assembleia Geral, alegando conflitos de interesses por conta de membros que seriam candidatos a conselheiros na chapa adversária. Essa solicitação foi posteriormente indeferida e a votação teve início.

Um total de 6.210 sócios estava apto para participar da eleição neste sábado, com mais de 4.500 votos já contabilizados até o período da tarde. O clima esquentou quando o presidente do Vasco chegou à sede de votação e foi xingado por apoiadores de Leven Siano, chegando a retrucar e fazer um gesto desrespeitoso para os torcedores. Houve até mesmo invasão da sede, o que levou à intervenção da Polícia Militar.

Pedrinho, agora eleito presidente do Vasco, possui uma longa história no clube carioca, onde iniciou sua trajetória com apenas seis anos. O ex-atleta chegou a conquistar importantes títulos pelo Vasco, incluindo a Copa Libertadores em 1998 e dois títulos do Campeonato Brasileiro, em 1997 e 2000. Além disso, também teve sucesso em competições estaduais.

Após se aposentar dos gramados em 2013 e enfrentar uma tentativa mal sucedida como técnico, Pedrinho se destacou como comentarista do Grupo Globo entre 2019 e 2023. Posteriormente, decidiu deixar suas funções na emissora para concorrer à presidência do Vasco.

O resultado da eleição do Vasco também chamou atenção não apenas no universo do futebol, mas também nos negócios. A Crefisa, patrocinadora master do Palmeiras, demonstrou interesse em firmar uma parceria com o Vasco, manifestando a intenção de adquirir os naming rights do Estádio de São Januário, caso Pedrinho fosse eleito presidente do clube. Os valores dessa possível parceria, no entanto, não foram divulgados.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo